quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

DICAS DE VIAGEM: ITACARÉ - BA (PASSEIO 4 PRAIAS, CACHOEIRA DO TIJUÍPE E PRAINHA)


Conforme o prometido, venho liberar mais um post sobre a minha viagem! Prometo que terminarei o mais rápido o possível! No post e vídeo de hoje eu mostro um pouquinho do passeio que fizemos para conhecer as praias da Engenhoca, Hawaizinho, Camboinha, Itacarézinho, Cachoeira do Tijuípe e a Prainha, considerada uma das praias mais bonitas do país. Então, pega a pipoca e dá um play!


cachoeira do tijuípe
tirei essa foto na hora que nos desgarramos do grupo, um pouco de sombra, obrigada!
praia da engenhoca
prainha
mirante da praia havaizinho
praia da camboinha
praia de itacarézinho
Como eu disse no vídeo, o passeio das 4 praias é bem cansativo, são horas de caminhada no meio de trilhas que em alguns momentos são de boa, em outros são um pouco tensas. Perguntamos mais de uma vez para o nosso guia, o Pequeno, se precisava ir de tênis, mas todas as vezes ele nos disse que não, que eles só pedem para os turistas usarem tênis quando chove. Fizemos todo o passeio de chinelo, mas em alguns momentos eu gostaria de estar de sapato fechado.

Acontece que em alguns momentos andamos por cima de pedras, terreno bem acidentado e o pé escorrega do chinelo, dá uma machucadinha de leve. Mas ok! Um casal com uma criança pequena participou do passeio conosco e eles tiveram um pouco de dificuldade no trajeto, afinal tinham momentos que eles precisavam carregar as bolsas, câmera, atravessar pedra e carregar o filhinho. Então, sim, é possível levar uma criança nesse passeio, mas se prepare para carrega-la em momentos críticos/quando ela cansar. Na cachoeira eu fiquei muito feliz, descansando, mas tive um pouco de medo, já que não sei nadar e era realmente fundo.

Já na Prainha, vale ressaltar que o melhor horário para visitar é de manhãzinha, porque lá só vende frutas, água e cerveja, então na hora que bater a fome, pense que você estará bem longe de qualquer restaurante. Como disse, a trilha é bem cansativa sim, principalmente que o terreno é bem acidentado, com muitas subidas e descidas. Eu achei a prainha linda sim e fiquei feliz com o passeio, porém fiquei acabada, já que logo em seguida nos jogamos em mais uma viagem de horas, para chegar até Barra Grande!

Como gravar é sempre algo livre, sem roteiro, acho sempre que faltam informações, então vamos lá. Quando voltávamos da Prainha, passamos por alguns turistas que estavam a caminho de lá, logo mais à frente encontramos alguns guias, que perguntaram para o Pequeno se ele havia visto aquelas pessoas. Disse ele que elas não quiseram pagar um guia, então tinha mais é que deixar elas se perderem, e isso chamou a minha atenção para um detalhe importantíssimo.

A maioria dos passeios é feita à pé, tirando o transporte até a entrada das trilhas e, apesar de serem trilhas intuitivas, estamos falando de áreas de preservação ambiental, matas fechadas, com animais, insetos, perigos. Além de um inimigo muito forte: a teimosia humana. Quem sempre se perde sabe: a gente coloca na cabeça que é para a esquerda e segue a vida, mas era para pegar a direita. O Pequeno é daqueles guias parceiros, nativo, que sabe tudo da região, prestativo e educado, mas nem todos são assim, então se decidir pegar uma trilha sozinho, tenha certeza do caminho, pois nem todos estão dispostos a ajudar, o que eu acho um absurdo, mas enfim!

Tirando a Praia de Havaizinho, Camboinha e Itacarézinho, todas as outras eram praias para surfistas. Acho que vale à pena conhecer. (Vou falar sobre a alimentação em todos os passeios no próximo post). Se você for ficar mais dias em Itacaré, não pense que não terá mais passeios, pelo contrário! Nós escolheremos os lugares que gostaríamos de visitar e selecionamos o que dava para fazer, por exemplo: existe um passeio que sai de Itacaré que vai até Taipas de Fora, na Península de Maraú, ao lado de Barra Grande. Como íamos passar 4 dias lá, deixamos esse passeio de lado, mas existiam diversas outras coisas para fazer na região, como arvorismo, mergulho em outras cachoeiras e rafting, opções para todos os perfis de turistas.


Bom, acho que já falei bastante, então vou guardar um pouco de dicas para o próximo post :) Espero que estejam gostando!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...