sexta-feira, 17 de abril de 2015

#ApêDosLindos: Localização do meu apê


Toda vez que começo a conversar com alguém sobre compra de imóvel e assuntos do gênero, sempre me perguntam sobre a localização do meu apê e qual foi meu critério de escolha. Para falar sobre isso, terei que contar mais uma vez a história da minha procura. Bom, como já devo ter citado no blog, comecei a procurar apartamentos em ferramentas como o Zap Imóveis e Olx. Mais para ter uma noção de preços e opções disponíveis, do que de fato para fechar a compra.

Meu condomínio foi entregue no meio de 2013, se não me engano, mas não fomos direto nele. Vimos diversas opções e algumas excelentes com preços possíveis para o nosso bolso, mas que ficavam em lugares que não seriam bons para o nosso dia a dia. Nem sempre devemos nos prender somente no tamanho do imóvel, ou se o condomínio oferece mil coisas. É importante analisar os arredores e ver o que a região tem a oferecer, como é o trânsito, o acesso por carros, o transporte público, iluminação, segurança. Tudo! Não dá para apostar no primeiro imóvel que a gente se apaixona.

Por exemplo, visitamos um na Rua da Balsa, que ficava de frente para a quadra poliesportiva. De janelas fechadas os donos garantiram que o barulho não incomodava e, ao mesmo tempo, um rapaz gritou na pelada "Vai, passa, filha da puta". Eu não me incomodo com palavrões, mas deu para notar porque eles queriam vender o apartamento. Logo quando saímos do condomínio, um clube na frente testava o som para uma festa e o barulho era o que realmente incomodava. Riscamos da lista!

Outro exemplo, visitei um apartamento super charmoso no bairro Santa Mônica, era espaçoso, recém reformado, preço bom, condomínio baixo, mas: longe demais, eu precisaria pegar um ônibus a mais para chegar até lá. Riscado da lista também!

Depois dessas idas e vindas, visitamos um apê de três dormitórios num dos prédios do nosso condomínio (que tem 6 torres divididas em 4 portarias, ou seja, condomínios diferentes, na prática). Ficamos apaixonados e voltamos nossos olhares de fato para aquele lugar. Os prédios do Liber Bosque foram construídos num terreno que havia sido invadido e tinha uma comunidade irregular. Um pouco antes de iniciarem a construção do Tietê Plaza Shopping. Como a gente gosta de dizer, quem comprou apartamento na planta no Liber se deu muito bem, os imóveis valorizaram MUITO (tipo, de 100 mil para 300 mil).

Acontece que o shopping foi construído numa área que não tinha nada, era um terreno enorme e que não tinha absolutamente nada além de terra e mato. Ele foi construído em frente ao Super Mercado Pastorinho, que é o melhor da região e ali também fica o Portal dos Bandeirantes, um condomínio absurdamente grande. Inicialmente não tínhamos ficado 100% convencidos do Liber, mas com a chegada do shopping, mudamos de opinião!


O apartamento fica literalmente do lado do Tietê Plaza Shopping e do Mercado Pastorinho, além disso, temos padarias, drogarias, academias e até mesmo uma universidade um pouco mais para cima (sentido bairro), pelo fato de estarmos do lado da Marginal Tietê, agora chegamos mais rápido no trabalho. Antes morávamos para para dentro do bairro. Existem alguns ônibus que passam na porta do condomínio, além da estação de trem que fica próxima também (mas que no momento não serve para mim). Felizmente, estamos de um lado que pega menos trânsito e eu trabalho em agência, logo, meu horário é mais flexível e eu entro às 10h, logo eu pego trânsito somente em ocasiões específicas. Então levo em média 10 minutos para chegar na estação de trem. É bem pertinho.

Eu realmente entendo agora porque demoramos quase 1 ano e meio para finalmente fechar negócio, quando a gente procura direito, dá para pagar "barato" (porque barato não é, HAHAHAHAHA), estar bem localizada e ter acesso a bons comércios da região. (Aliás, agora mais perto da minha lanchonete favorita <3 )

O lado mais positivo de todos é ter tudo perto de casa, então dá para fazer muita coisa sem sair do meu bairro! Agora só falta o Tietê Plaza Shopping abrir o cinema, daí não vou mais precisar sair do bairro de fds MESMO HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHA Bom, fiz esse mega texto para contar que não é só encontrar um apartamento. É encontrar o conjunto da obra: imóvel bom, localização, comércio da região, transporte público, trânsito, segurança. Tudo!

Dito tudo isso, deixo para vocês uma foto no meu shopping <3 hahahahahahaha


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...