sexta-feira, 3 de julho de 2015

CRÔNICAS DE GUARDA ROUPAS: ROUPA DE SAIR


Já passei pela vida de muitas pessoas. São quase 25 anos e incontáveis encontros, alguns mais breves, outros mais longos, uns que permaneceram. E nesse tempo conheci uma porção de pessoas que dividiam o guarda roupa entre "roupas de trabalhar" e "roupas de sair".

Confesso que nunca entendi direito essa relação. Já que quando saímos de casa para trabalhar, estamos saindo de casa, logo, a roupa é de "sair". Vi muitas pessoas (e ainda vejo) apostando suas melhores fichas poucas vezes na vida: aquele casamento BA DA LA DO, o encontro dos ex alunos do colégio, aquela baladinha esporádica com azamiga.

Parece que é preciso ter "A" ocasião para perder 30 minutos bolando um visual com peças mais legais, ou até mesmo escolher usa-las num dia "comum".

Nunca consegui ser assim. Minhas roupas são a forma não verbal que eu encontro para me expressar todos os dias. É no meu guarda roupa que eu vou encontrar a cada dia que passa um significado para a Vivian, seja a mal humorada, a alegre, a determinada. Então, mesmo que aquele casaco de pelos seja de "sair", eu aposto nele se for simbolizar como me sinto por dentro.

Às vezes tenho a impressão de que os outros esperam algo de extraordinário acontecer, mas, preciso dizer, acontecimentos do gênero só rolam em filmes. Só o fato de acordarmos todos os dias para mais um dia é algo extraordinário, por isso não acho que devemos ter roupas de sair e roupas de trabalhar.

Devemos ter roupas de viver. Claro que algumas daquelas peças no meu guarda roupa não funcionariam num dia de trabalho, como um longo de paetês, ou um hotpant florido, mas o ponto é que se eu pudesse os usaria em plena segunda feira, pois todo dia é um dia para acontecer algo extraordinário: nos sentirmos por fora como somos por dentro.

Libertem-se!


4 comentários:

  1. Adorei, Vivi. Um tapa na minha cara.

    Ps: Estou sempre por aqui, mas nunca comento :x

    Andréia.

    ResponderExcluir
  2. Concordo, antes eu separava roupas "de sair" ... porém nos ultimos 2 anos tenho me dedicado a ter um guarda roupa com peças que possa usar pra varias ocasioes, e tem me ajudado muito, além de desapegar bastante de peças que nem "pra sair" usava.

    beijos
    giihflore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu cresci dentro deste "costume".
    Só depois de um tempo, me libertei! rssrsr
    Adorei o post ;)
    Bjs e ótimo fim de semana Vivian

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...