segunda-feira, 22 de junho de 2015

Diário da Blogueira: Vencer na Vida


Alguns valores são passados de geração em geração. Mas nas entrelinhas. Aprendemos desde pequenos que precisamos vencer na vida. Ser alguém.

Ser o melhor da classe, ter os melhores brinquedos, o cabelo mais legal, as roupas mais modernas, o melhor emprego, a promoção mais rápida, a foto mais curtida do Facebook.

Ninguém diz isso, não explicitamente, mas todo mundo sabe que precisa vencer (ainda não sei contra quem lutamos). Todo mundo precisa chegar no topo e, além de chegar no topo, é preciso fazê-lo no menor tempo possível. É preciso ser diretor de empresa aos 30, criador de uma start up aos 19, Professor Doutor aos 28. O futuro é mais importante que o agora, a linha de chegada é o foco, não a caminhada.

Não é incomum, por exemplo, ficar meses ou anos sem ver um conhecido ou familiar e quando os encontro a primeira pergunta que fazem é: "E aí, está trabalhando?", seguida de "E você casou?", "E os Filhos?", "Quando você vai comprar um carro?". Não tem problema perguntar, mas no fundo mesmo, as pessoas só querem saber se estamos à frente delas na corrida da vida, ver os outros lá na frente causa desespero.

Ah! Talvez seja contra os outros que passamos a vida inteira lutando para vencer na vida! É, o outro também quer vencer na vida. E talvez seja por isso que temos tanta pressa, é preciso mostrar para o mundo que fomos capazes, que alcançamos algo.

Mas eu custo acreditar que para vencer na vida você precisa ser o melhor. Melhor para si, melhor para os outros, melhor do mundo. Acho que ser bom é bom, mas viver em competição consigo mesmo e com o mundo mata: toda a espontaneidade, toda criatividade, mata o tesão em viver.

E, no final, eu chego à conclusão, meus caros, de que vencer na vida mesmo é ser feliz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...