terça-feira, 13 de janeiro de 2015

2015


Ando em dívida com o blog. O último post que fiz já ficou em 2014, com todos os acontecimentos que pertenceram àquele ano.

Venho com a vontade diária (e ideias inúmeras) de manter um ritmo, mas passei o ano em clima de mudança intensa e agora que comecei a me recompor. Não falei nada antes não foi nem por privacidade ou coisa do gênero, foi por falta de tempo mesmo, esses poucos 12 dias de 2015 já me parecem 12 semanas, tamanho foi o fluxo de acontecimentos, trabalho e dedicação.

Como odeio ler textos autobiográficos que nada dizem, vou contar, resumidamente (ou pelo menos tentar) o turbilhão de emoções que venho vivendo desde o dia 1° de dezembro! Não sei se todos vocês que acompanham o blog sabem, mas eu me mudei para o meu apartamento nos meus últimos dias de férias, na última semana de novembro. Isso já seria emoção e bagunça o suficiente para me afastar do blog e pelos motivos óbvios de conseguir encaixar tudo em seu devido lugar. Mas se já estava difícil encaixar uma responsabilidade nova, que é ser dona de uma casa, entre todas as outras tarefas, uma bomba caiu no meu colo.

Meu chefe, que foi meu grande parceiro em 2014, que me ensinou uma porção de coisas, acreditou no meu potencial (e trouxe ele à tona), que me deu oportunidades incríveis, resolveu partir para um novo desafio profissional após 10 anos de empresa. Eu sei que isso é normal e todo mundo já passou ou vai passar por isso um dia, mas tenho certeza que se você fosse funcionário dele, sentiria o mesmo. É um grande amigo e um grande líder (apesar de ser meio maluco e desorganizado kkkk). E isso tirou tudo dos eixos, eixos esses que foram tão complicados de arrumar em 2014 para nosso trabalho ser cada vez melhor. Com a saída dele tudo mudou de figura e o medo e a insegurança do futuro mudar assim, bateu na minha porta. Nos dias de recesso, durante as festas de final de ano, eu fiquei de plantão e acabei tendo demanda da minha cliente todos os dias, então não estava de folga, na piscina. Estava resolvendo pendências que agora, mais que nunca, eram minha responsabilidade.

A primeira semana de trabalho veio e junto uma nova pessoa para coordenar minha equipe e trabalho, o que nos pareceu ótimo até ela receber uma uma oferta de emprego que ela tanto almejou. Coisa de novela, gente hahahahahahaha. Agora, na segunda semana do ano, começo a organizar as ideias.

Felizmente, tudo que aconteceu foi realmente bom. Tanto para o Gabryel, quanto para a Fabi (e para a Lara que será minha nova chefe), mas aconteceu tanta coisa nesse mês (e nessa primeira semana útil do ano), que eu mal tive tempo de refletir, foi só um atropelamento de acontecimentos acompanhados de um drama sem fim.

Alheio à tudo isso, tive o primeiro mês no Apê dos Lindos, com um monte de coisa dando certo, um monte de coisa dado errado, uma nova carga de responsabilidade com mercado, limpeza, organização, dinheiro. É uma carga grande, mas deliciosa, então tem valido o esforço.

Contei tudo isso só para dizer que eu não sumi, eu só estava assimilando e digerindo toda essa loucura que aconteceu na passagem de 2014 para 2015.

Eu, sinceramente, olhando agora, estou achando incrível! (Apesar de ter surtado no início hahahahahahaha). A capacidade de mudança, transformação e adaptação do ser humano é algo sublime. Podemos mudar, podemos nos transformar, fazer as coisas de um jeito diferente conscientemente.

Meu ano começou diferente dos últimos: sem viagem para Itu (que já tinha virado tradição), sem bebedeira até cair na madrugada da virada, com muito trabalho logo na primeira semana, sem enrolação, com coisas boas na vida profissional. É, definitivamente, 2015 começou de maneira totalmente diferente.

Por um breve momento, quase uma semana inteira, fiquei aterrorizada ao pensar o que o futuro me preparava. Sonhei com tempestade chegando. Eu sempre tive medo da tempestade. Mas, no final, acho que significava que era hora de lavar a alma para estar pronta para tudo que o futuro tem me reservado. Então eu aceito, seja lá o que for.

Vem 2015, eu já não tenho mais medo de você! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...