quarta-feira, 7 de maio de 2014

Pitada de beleza: Batons da Vult

Esses dias a Ana, do E agora, José?, postou sobre os novos batons da Vult dela e eu fiquei mega curiosa (e querendo uma das cores) e corri no Japa (sempre ele) para ver se tinha, já que lá tem um display enorme da marca. Bom, a cor que eu mais queria eu não encontrei, em compensação tinha uma porção de outras cores com essa embalagem nova, mais resistente e bonita. Como eu fui uma boa menina o mês inteiro, eu escolhi três tons para levar para casa e hoje em vim mostrar para vocês!


Antes a embalagem dos batons da Vult era muito sensível, então deixar um deles na bolsa, era ter ele quebrado na certa, então eles reformularam as embalagens de todos os produtos e tudo ficou com uma carinha mais elegante e simpática. Apesar das embalagens terem se tornado mais resistentes, os produtos não tiveram uma mudança de preço escabrosa, só o ajuste de mercado mesmo.

Esses batons têm a cor da bala na tampa, para facilitar a visualização e são bem bonitinhos, com detalhe na tampa e transparência no meio. Na hora escolhi três tons: 42, 60 e 45 (na ordem da foto). Um nude com fundo laranjinha, um nude rosa e um framboesa bem vibrante.




Olhando na bala intacta eles pareciam bem sequinhos e quando, na ansiedade da novidade, fizemos swatchs nas mãos lá no trabalho, eles também pareceram mates, porém na boca não foi bem assim. Não que isso seja um problema, até porque não tem nada dizendo que eles sejam mates, mas é que a minha cobertura favorita é a mate, então não custava esperar algo deles, né?




Batom #42 - Ele é mais saquinho e menos pigmentado, mas colore super bem os lábios quando aplico o batom. Ele é um tom de nude puxado para o coral, mas ele é aquele tom que cabe em qualquer tipo de pele, sem ser néon, então fica clarinho, vivo e bonito.


Batom #45 - Ele é um tom de rosa queimado elegante, mais fechado, também bom para todos os tons de pele, por não ficar muito claro, então fica bonito mesmo sendo um rosinha. Ele pigmenta super bem e foi mais seco também durante a aplicação.


Batom #60 - Ele é um framboesa vivo e fechado, um tom bem alegre e invernal. Afinal, normalmente, os tons invernais são mais pesados e escuros, mas como ele tem esse tom fechado, o framboesa continua alegre, mesmo mais sóbrio. Ele é ultra cremoso durante a aplicação e fica assim por horas. Senti que no decorrer do dia ele foi dando uma secada, o normal de batons que ficam muito tempo nos lábios. De todos o mais cremoso, mas ainda sim gostei muito de usá-lo.

Meu único problema com batons ultra cremosos é que se não aplico nenhum lápis no contorno dos lábios, o batom vai "escorregando" para cima e para baixo, marcando as linhas da boca e isso fica muito feio, dá a sensação de boca manchada, de quem beijou e não arrumou o batom, sei lá HAHAHAHAHAHA Então é aquela coisa, melhor aplicar lápis do que ficar com cara de loka no meio do expediente! Já aprendi kkk

O bom é o preço desses batons. R$8 reais cada um, inspira a ter mais de uma cor e não dói no bolso comprar 3 de uma vez. É muito bom também para quem está fazendo curso de maquiagem, para ter opções diversas na maleta, já que tem desde os vermelhos, passando pelos rosas, roxos e até laranjas. Vi um que tinha reflexo furtacor, então tem para todos os gostos mesmo!

A Vult é mega fácil de encontrar e é super acessível, então vale investir para ter boas opções. Não são os produtos mais luxuosos, mas são funcionais e bons, não dão alergia, não mancham a pele. E isso  é o importante! Agora quero investir em alguns tons de blush, a embalagem está super charmosinha e as cores também. Aliás, a nível de pesquisa, eu tenho uma preferência absoluta por produtos que são "inteiros" sem pincelzinho, sabe? Prefiro que seja inteiro de sombra ou de blush, pois tem mais produto e não vem um pincel inútil HAHAHAHAHAHA

Espero que tenham gostado dos batons <3
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...