quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

5 Motivos para Amar o Brás

1 – A maioria das lojas que você visitar estará tocando: arrocha/forró//calipso/aviões do forró.
2 – De todos os polos comerciais de SP, é o mais difícil de desbravar e vai render pés cansados (mas lindas sacolas de roupas).
3 – Tem metrô, trem e ônibus para todos os lugares da cidade.
4 – Você encontra tops a R$2 reais e ninguém está brigando para passar na sua frente.
5 – Com R$150 reais e uma boa volta você compra muita coisa de qualidade com o preço mais amigável de São Paulo.

Brincadeiras à parte, ir ao Brás é realmente um desafio. Na verdade acho que muitos desafios juntos: um exercício contra o preconceito, disposição para andar, depois força para carregar o peso, a condução na hora de ir embora, as possíveis cantadas de pedreiro/camêlo, entre outras pequenices.

Mas as compras compensam tanto que no fim do dia, quando chegamos em casa e abrimos a sacola em cima da cama, nem ligamos para tudo que, porventura, podemos passar. Há quem pense que no Brás só tem baciada e coisa ruim (e concordo que tem MUITO), mas dois fatos: no meio da baciada sempre pode ter algo que valha à pena e muitos comerciantes do PAÍS dão um pulinho no Brás para abastecer suas araras em boutiques e lojinhas.

Às vezes a mesma legging maneira que você comprou por R$100 reais no shopping, você encontra por R$15 e com a mesma qualidade. Eu não incentivaria vocês a irem ao Brás se não tivesse certeza absoluta que existe coisa boa lá.

Prova disso foram as minhas aquisições! (as fotos das roupas vão aparecendo nos looks, ok?)

Jaqueta estilo bomber dourada R$18,00


Regata dark floral com guipire nas costas R$15,00

Regatas nadador compridinhas R$13,00


Saco com 6 calcinhas estilo cuequinha R$20
Legging quadrinhos R$17,00


Saco com meias coloridas (5 pares) R$10,00
Conjunto de sutiã e calcinha pretos R$16,00

Então, se você tiver um dia livre na semana (ou muita coragem para ir num sábado), desbrave também essas terras, que até podem assustar de princípio, mas que escondem muita coisa boa e legar! Palavra de garimpeira!

Pitada de Beleza: BB Creme da quem disse, berenice?

Assim que a quem disse, berenice? lançou sua versão do famoso BB Cream, providenciei um para mim. Até então as minhas tentativas de me apaixonar pelos produtos multifuncionais não tinha dado certo. Testei alguns outros bem conhecidinhos e como eles não deram nada certo comigo, preferi nem fazer resenha, odiei mesmo. Só tinha pontos negativos para levantar, então não ia ser muito construtivo postar.

Quando a Natura lançou a Base de Beleza Multifuncional fiquei doida para testar e conhecer, mas acontece que R$50 pila num produto para usar todos os dias é bem pesado! Ainda quero usar, mas vou ver numa promoção. E aí voltamos ao produto da QDB, que foi batizado de BB Creme (bebe creme, como se lê).

Ele tem 9 características: é descomplicado, deixa a pele sem brilho, tem fps 35, é fácil de passar, cobre bem, seca rápido, é livre de óleo, deixa a pele hidratada e tem UVA++, mas não me ative a isso quando comecei a usar, os pontos que avaliei: como minha pele estava antes, cobertura, cor, facilidade na hora de espalhar, controle da oleosidade e o principal: se minha pele ia brilhar.




Percebam como ele melhora o aspecto da minha pele num geral e uniformiza o tom, que é mais escuro na região do queixo, apaga as pintinhas mais claras e dá um viço bonito na pele, sem ficar com cara de oleosa

Usei ele todos os dias de trabalho no mês de janeiro e eu gostei muito por ser fácil de espalhar, me maquio no ônibus indo trabalhar (glamour 0) e nunca usava base na pele, principalmente no verão, porque além de ser uma chatice aplicar as coisas na condução, a base tem muito mais cor que um BB Cream e é mais fácil fazer caca. Outro ponto é que normalmente eu preciso de um pouco de pó após a base e isso aumentava MUITO a nécessaire ( que ai deixa de ser "necessária" e vira um trambolho na bolsa).

Bom, além de ser fácil de espalhar e aplicar, ele também é bem sequinho (todas comemoram muito) e seca assim que a gente termina de aplicar, então ponto positivo para o produto que não precisa de pó para "assentar". Ele também não tem partículas de brilho, como os produtos dos concorrentes e isso me fez ter um milhão de corações pelo produto, pois tenho pele mista e é uó aplicar produto e brilhar o dobro sem intenção de parecer a Globeleza em plena segunda feira. A minha testa agradece QDB!

Um ponto que muito me chamou a atenção foi o fator de proteção solar: FPS35. Acho que não tinha visto nenhum outro produto nacional com a mesma condição e isso também me conquistou porque eu não costumo (va) usar protetor solar todo santo dia (ganhei um da Vanessa, tou usando e gostando). Com isso, se o produto tem proteção solar e fator de hidratação, mesmo que seja uma MAQUIAGEM não vai estragar a minha pele. E olha que a bichinha é chata.

Aspectos que melhoraram com o uso contínuo: com o uso de base por muito tempo alguns pontos ressecavam e formavam casquinhas e isso não aconteceu mais e a pele ficou com uma aparência mais lisa, tratada. Nada absurdo, mas coisas que só a gente percebe no dia dia.

Outro ponto que me chamou a atenção no produto da QDB foi a cartela de cores disponíveis: claro, médio e escuro. Para quem conhece a marca é algo para se estranhar, já que ela tem um portfólio de pele de causar inveja com seus 18 tons de base pensados para a mulher brasileira (e para os meninos também), mas usando o meu no tom médio percebi que rola uma adaptação ao tom de pele. Como disse lá em cima, a cor não tem tanta pigmentação, a ideia do BB Creme é uniformizar a cor num geral e não fazer a função de base, então ela é mais suave. Usei ele com a pele normal, com a pele mais bronzeada e ele não gritou tanta diferença, não me fez parecer um fantasma! Foi só usar um blush mais queimadinho e pronto, parecia minha pele diva e natural.

Ele custa R$35.90 e tem para vender na loja online.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...