terça-feira, 26 de agosto de 2014

Look do dia: we need a little old fashioned

Meus últimos looks do dia foram temáticos, sobre uma semana que só usei flores! Acontece que nessa semana teve jogo no Brasil e eu tive folga, então foram só três looks mesmo! Logo após isso, o último look que fotografei foi esse! Usei ele para ir numa reunião e mesmo com a camiseta divertida, não fiquei informal demaaais (aliás, a reunião nem era formal).

Ainda estava fazendo muito frio e eu sou muito friorenta, então escolhi minha t-shirt que ainda não havia sido estreada, ela é masculina e comprei na C&A, mas eu adoro as camisetas de super heróis das fast-fashions, então sempre compro masculina mesmo (desde que seja P ou PP). Misturei ela com meus cardigãs que já andam sozinhos e com o lazer do Ebay.




Gostei do efeito, tshirts sempre ficam ótimas combinadas com blazers. Se torna uma maneira bem legal de usar uma camiseta tão informal para trabalhar (apesar de não trabalhar num lugar intolerante com looks diferentes).

O que mais gostei nessa camiseta, tirando o fato dela ser do Capitão América, é que essa frase é do filme Avengers e é justamente sobre como às vezes precisamos de coisas antiquadas (para quem não conhece a história do Cap., ele ficou congelado por 70 anos e voltou para o mundo depois que muita coisa havia mudado e se tornou um tanto quanto antiquado, por não ter acompanhado todas as mudanças!). Ai gente, sério, eu perco a linha quando o assunto é o Steve Rogers <3

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA


Esse look foi feito super na correria, afinal no dia da reunião eu esqueci que tinha compromisso e que era fora da X, então tive que me arrumar correndo e sair correndo de casa hahahahahahaha mas juro que isso nunca acontece <3

Coturno Azcalture R$115 | Calça Skinny Renner R$70 | TShirt C&A R$30 | Cardigã Cinza C&A R$60 | Cardigã de estrelas C&A R$50 | Blazer Ebay R$45 | Bolsa Renner R$80

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Tardei, falhei e voltei...

Olá meninas, como estão? Passada a minha temporada de entrega de TCC + formatura + férias + copa do mundo + nascimento da minha sobrinha, estou de volta aqui no blog da Vivis que teve toda a paciência do mundo de esperar por mim e minhas postagens.

Acredite, eu vou ser mais comprometida, pelo menos essa é uma das minhas promessas de fim de ano de 2014. Vamos ver se eu consigo cumprir né?

Para quem estava acompanhando a minha dieta, trago novidades. Ela deu certo, foram 9 kgs a menos até a formatura e mais 2 a menos até agora. A meta foi alcançada com aquela dieta que eu já contei aqui no blog + atividade física na Bio Ritmo (que eu amo de paixão).

Reparem a diferença





O TCC foi um sucesso e o baile de formatura nem se fala, estou apaixonada até agora pelo meu vestido que é maravilhoso, diga-se de passagem. (Mas a formatura, apesar do tema estar meio velho, merece um post exclusivo na semana que vem, que pode ajudar as formandas de 2015).

Depois de toda correria, tirei dois períodos de férias sendo um em Ilha Bela, em uma pousada super sucesso, e o outro em San Andres (ilha da Colômbia), mas esses dois assuntos também merecem uma outra postagem com dicas de restaurantes, compras, passeios, repelentes e etc.


Um beijo e até segunda que vem, prometo que volto!

Detonados de Beleza - Maquiagem

Separei 10 itens que eu usei até acabar para mostrar em vídeo e contar um pouquinho sobre eles e porquê usei todos até o fim, porém tentei gravar 3 vezes e não deu certo, então resolvi fotografar e falar sobre eles por escrito mesmo! Vamos lá?


A gente sempre tem aquele produto que:  ou 1) odiamos mas usamos até acabar para não jogar dinheiro fora ou 2) amamos tanto que acaba e ainda nem deu tempo de terminar de pagar! E eu não tinha percebido que eu praticamente comi alguns desses produtos com farofa, de tanto que usei e quero contar para vocês!

Já adianto que meus detonados de beleza são todos queridinhos!

1 - Colossal Volum Maybelline: tá, nem todos são tão queridinhos assim. Eu gostei muito da Colossal, que é a máscara para cílios mais aclamada por todos, porém ela não foi muito minha favorita assim. Achei que ela não deixou meus cílios tão absurdamente volumosos assim e no final ela ficou com um cheiro muito forte de tinta. A Van disse que é porque as máscaras da marca são feitas à base de carvão, então deve ser mesmo! Agora estou testando a The Falsies, então vamos ver se agora elas me convencem!

2 - Ruby Woo da MAC: esse foi o meu primeiro batom da marca e eu ganhei ele de presente. Acho o tom frio dele maravilhoso e fica lindo em todas! Ele tem um restinho e eu nunca crio coragem para usar até o final, mas como a marca tem o sistema de reaproveitamento de embalagens, eu vou guardando ele comigo até o dia que eu tiver embalagens o bastante para trocar!

3 - Corretivo HD Make Up For Ever: Esse corretivo é absurdamente incrível. E caro. Vale cada centavo? Vale, porém ele vem com pouquíssimo produto e acaba super rápido, então deixa de valer tão a pena assim, a menos que você traga da gringa (mas continua sendo caro). Sem condições de repor, apesar de fazer milagres, mas continuo te amando, ok?

4 - Lápis Mega Impact Avon: Talvez esse seja um dos melhores lápis pretos do mercado. A fórmula dele é em gel, então ele é super macio durante a aplicação, mas depois de seco dura HORRORES. Além disso ele é mega preto e incrível. O meu chegou ao final e cheguei a pedir um para repor, mas infelizmente a revendedora não me mandou (e ainda estou #xati) afinal ele é um dos queridinhos da minha maleta e não pode faltar! Vou atrás de um novo, pois esse vale cada centavo porque é muito barato!

5 - Soul Maximize Your Lashes Turbo 5.0: Essa máscara é tipo aquele produto baratinho que você não espera muita coisa por ser baratinho, mas que te surpreende e faz você ficar apaixonada. A minha acabou super rápido, pois viciei e passei a usar todos os dias, direto. Eu tive que providenciar uma nova, já que ela não sai mais da minha vida, porém por R$23 reais é mais fácil de manter o vício.

6 - BB Creme da quem disse, berenice?: Eu tentei usar alguns desses produtos multi funcionais e depois de algumas marcas, me dei bem com o da QDB?. Ele é saquinho, mas não resseca a pele, é suave e uniformiza o tom, cobre levemente as manchinhas e pintinhas mais escuras, tem fator de proteção solar e não me deu alergia. Eu ando querendo investir em um novo bbcream para poder experimentar, mas já ando sentindo falta do queridinho da QDB?, afinal ele esteve comigo no dia a dia nos últimos meses e ele vale muito, considerando que custa R$35 reais e é ótimo. Saudades berê <3

7 - Corretivo Yellow da Mary Kay: Quando esse corretivo acabou, meu chão se abriu. É péssimo criar essa "dependência" por um produto, mas esse, sem sombra de dúvidas, merece meu amor eterno. De todos os corretivos amarelos que já experimentei, esse foi o que mais deu certo e é o que mais dura, mais neutraliza, mais tudo. Finalmente eu consegui repor e agora posso viver feliz novamente. E quando acabar vou repor de novo, e de novo, e de novo, e de novo...

8 - Corretivo líquido quem disse, berenice?: Usei e repus esse corretivo umas três vezes, e só deixei de repor porque queria experimentar novas opções de outras marcas, mas eu super recomendo. Ele é super levinho e ótimo para usar em conjunto com o corretivo da Mary Kay. Dura bastante e é facílimo de aplicar, esse vale pelo custo benefício, mas lembrando que usava ele com o corretivo neutralizador da MK, ele tem uma cobertura hiper leve, boa para quem tem olheiras suaves :)

9 - Velvetines Lime Crime : Antes que esse batom dos deuses pudesse acabar, eu dei um jeito de comprar um novo e estoquei. Esse batom, apesar de já ter muitos concorrentes do gênero no mercado, continua sendo o meu favorito em cobertura, cor, textura, cheiro, duração. Ele é incrível (e ando desejando mais 4 cores kkkk) e vale cada centavo, sem contar que dura HORRORES. Esse, com certeza, sempre terá lugar cativo no meu coração e necessaire.

10 - Lápis de sobrancelha quem disse, berenice? : Eita marquinha carimbada na minha necessaire, hein? Acontece que os produtos deles possuem um preço bom, que cabe no bolso, com qualidade e apresentação impecáveis. Esse lápis é um dos meus xodós. Quando rola aquela preguiça de dar uma super atenção para as sobrans, uso ele e saio arrasando. Agora tenho o novo, que é duo (uma ponta escura e a outra bege), gosto muito dele também, mas sinto falta da escovinha que vem na tampinha, que ajuda a pentear as sobrancelhas e esfumar o produto. De qualquer forma, é um produto que não vou deixar de repor!

Então esses foram os produtos que eu usei até acabar. Sem dó nem piedade. E quais produtos vocês usaram até acabar e não podem viver sem?

terça-feira, 19 de agosto de 2014

PitadaTV: Guia Prático de Como Preparar a Pele

Esses dias estava conversando com uma amiga, a Talitinha, e ela me disse que tinha uma baita dificuldade na hora de preparar a pele por diversos motivos e ela me deu a sugestão de fazer um vídeo sobre isso.

Apesar de parecer uma coisa simples, a hora de preparar a pele para uma maquiagem é importantíssima, pois é quando deixamos o quadro pronto para ser pintado, então gravei um guia prático, com várias dicas do que podemos fazer para melhorar nossa maquiagem cada vez mais!

Espero que gostem!


E lembrem-se, sempre que tiverem sugestões, é só me dizer!

Pitada de Beleza: Full Coverage Concealer NYX

Eu e minhas olheiras, um caso de amor e ódio eterno que tem bons capítulos na história desse blog.
Estava sem um bom corretivo amarelo neutralizador, então me apaixonei por um corretivo da NYX que tinha na minha maleta há tempos. Vi que eles tinham também o bendito corretivo neutralizador e resolvi investir. Comprei no Mercado Livre, com as outras coisinhas que pedi e já tenho postado no blog, ele foi R$21 reais e vou falar um pouco sobre ele.


Ele é cremoso e vem nessa embalagem, que é bem firme, com o tempo as letrinhas vão saindo, porém já derrubei meus corretivos da marca um zilhão de vezes e nunca nem rachou. Esse corretivo neutralizador tem um dom de amarelo super claro, quase branco! Quando vi na foto, achei que era mais amarelo. Da mesma forma que o da Dailus, que também já falei no blog, é muiiiito amarelão e não tem o tom perfeito. Opostos muito contrastantes com o meu tom de pele (e acredito que com a da maioria). Acho que o lance com o corretivo amarelo é esse, de não ser nem um amarelo muito claro, nem um muito vibrante. Precisa ser o mais natural possível. Enfim, voltemos para o corretivo da NYX!



Ele é cremosinho, porém acho que não tanto quanto o corretivo da cor da pele, que parece que adere melhor à pele. Ele é daqueles que cobrem, mas podem melhorar, pois quando a gente vai aplicando, ele vai meio que acumulando, meio que saindo. O que eu procuro num corretivo amarelo é a uniformidade, para quando eu aplicar o corretivo na cor da pele, ele cubra bem minhas olheiras. Acontece que, se ele fica manchado, quando você aplica o corretivo na cor da pele, ele fica mascarado e não é isso que queremos.

Aprendi que com esse corretivo é preciso construir as camadas bem fininhas e assentar bem com o dedo ou com esponjinha e pincel, sabe? Para ele ir ficando na olheira sem manchar. Porém demorei para pegar a prática.



Nas fotos a seguir mostrei como eu uso ele durante a semana, no dia a dia! Abaixo estou com a olheirona linda sem nada:


Com uma camadinha de corretivo neutralizador feita com cuidado:


E, por fim, com o corretivo na cor da pele por cima!


Percebam que ele é bem claro na minha pele. O problema maior que eu identifiquei nele é que, quando aplicado, ele perde um pouco do tom amarelado, talvez porque eu seja mais morena, mas isso para mim é um problema, porque se eu invento de usar um corretivo um tom mais claro do que a minha pele, corro o risco de ficar um panda invertido e no dia a dia, me maquiando no trenzão, às vezes posso não perceber que fiquei assim! E também quando a gente se maquia à noite, dentro de casa, numa iluminação péssima! Então o corretivo que pode ser o curinga na sua maquiagem, pode se tornar o vilão, então cuidado!

Em linhas gerais, para ser mais exata, eu gostei sim do corretivo, porém acho que ele ainda não foi capaz de substituir meu tão aclamado corretivo Yellow da Mary Kay. Que, aliás, já consegui repor! (TODAS COMEMORAM MUITO). Agora, se você for branquinha e tiver uma olheira menos problemática do que a minha, talvez você se apaixone por completo, pois se trata de um produto bom :)

E aí, já usaram esse corretivo?

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

PitadaTV: TAG A Leitora Quer Saber

Esses dias a Gaby Bernat me pediu para responder a TAG "A Leitora Quer Saber" e mesmo com os contratempos técnicos que tive, aqui vai o vídeo que gravei!!

Espero que gostem :)


1. Qual câmera/lente você usa?
2. Qual programa você usa para editar fotos?
3. Qual programa você usa para editar vídeos?
4. Quem tira suas fotos?
5. Você ganha dinheiro com o blog? Como?
6. Qual cor de tinta você usa no cabelo?
7. Quem fez seu blog?
8. No que você trabalha além do blog? Qual sua profissão?
9. Ostentação e riqueza influenciam no sucesso de um blog?
10. Sua família ou amigos entendem o que é ser blogueira(o)?
11. O que você faz com as makes/produtos que ganha?
12. Como conseguir parcerias? Já teve problemas com alguma empresa?
13. Qual blogueira você quer ver respondendo essa tag?

A última pergunta eu não respondi no vídeo, pois eu precisava pensar quem eu queria ver respondendo! Eu escolhi a Lih Ramalho, que é AMOR na terra, e a Luiza Wonderland, que eu ADORO acompanhar <3

Espero que tenham gostado!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Look do dia: semana das flores Parte 3

Ainda seguindo o tema da semana das flores, esse look tem um pouco de história. Daquelas sobre onde eu encontrei a peça principal e que foi um achado e que eu amo!
 
Comprei esse vestido e usei bem antes dele ser fotografado, umas duas vezes, até eu criar vergonha de fotografar o look e depois criar vergonha para postar. Mas que bom que finalmente vou postar, e então finalmente vou contar a história sobre ele.

Há um tempinho a Fátima me chamou para acompanha-la no Brás, pois ela iria comprar umas coisas para a confecção de pijamas que ela está montando (já falo mais sobre isso) e aproveitamos para andar na região e ver se tinham algumas promoções. Acontece que a região do Brás que tem coisas de costura é mais distante do centrinho, então não estávamos necessariamente onde tem as lojas grandes.

Porém mesmo assim foi possível encontrar muitas coisinhas boas e entre elas estava esse vestido.

Já falei mais de uma vez sobre como não devemos ter preconceito algum quando vamos no Brás, pois podemos (e com certeza vamos) encontrar bons achados em lojinhas fuleiras, em camelôs, em lugares improváveis. Então o jeito é ir sempre com disposição de olhar e fuçar.

No dia que fomos, precisamos procurar um caixa eletrônico para sacar o dinheiro do estacionamento e passamos na frente de uma loja super entulhada, mas que tinha uns 15 manequins vestindo variações de vestidos floridos estampados. Curtos, médios, longos, de manga, amarelos, rosas azuis. Fiquei pensando no vestido e quando voltávamos para o estacionamento resolvemos parar na loja.

Ela tinha muita coisa entulhada, bem loja que vende em atacado mesmo, e tinha mais manequins lá dentro. Pedi para ver o vestido que eu tinha gostado (e já apareceu aqui no blog) e ainda namorei um pouco os longos, porém ainda estava começando a me aventurar nesse negócio de roupa longa. Quando a mulher falou o preço, fiquei tentada a comprar ele ao invés do outro, porém a Fátima falou uma coisa que fazia todo sentido: eu preciso trabalhar arrumada! Então resolvi trazê-lo.

Mas acho que vale dizer, mesmo antes de vocês verem as fotos que ele custou apenas R$45 reais.







Ele é de malha, óbvio que o tecido e a estampa dos vestidos da Antix são muito mais rycos e com muito mais qualidade, porém de todas as pessoas que perguntei quanto elas achavam que tinha custado, nenhuma dela sugeriu menos do que R$200 reais. E de fato, mesmo que fosse de uma Renner ou C&A da vida, iria custar a mesma coisa, com a qualidade relativa e talvez uma estampa menos bonita.

Eu ainda fico com os olhos brilhando quando olho para ele, pensando que é tão lindo e foi tão barato! Ele fica pouca coisa maior do que eu e uso com botinhas de camurça, para combinar com o estilo dele, mas ele sozinho já é maravilhoso e não exige muito de mim, o que eu acho ótimo quando quero me sentir lynda, mas estou com preguiça de elaborar!

É para levantar a autoestima de qualquer uma!

Vestido R$45 | Bota Spot Shoes R$50 | Tricô Bom Retiro R$35 | Bolsa De Franjas Renner R$100

Pitada de beleza: Soft Matte Lip Cream da NYX - Abu Dhabi

Parece até mentira, mas sim, estou liberando um post de maquiagem. Juro que eu vou tentar atrasar o mínimo o possível as milhares de resenhas que eu tenho para liberar! Acontece que nos últimos meses MUUUUUITA coisa nova entrou na minha vida e eu acabei perdendo o timing de fotografar para mostrar. Estou apaixonada e meio frenética. O problema é que quanto mais a gente compra, mais a gente quer!

SOCORRO.

Vou começar pelo Soft Matte Lip Cream da NYX. Esse batom é líquido de efeito mate e eu comprei duas cores dele. O Monte Carlo (que entra o blog logo logo) e também o Abu Dhabi, que vim mostrar hoje! Esse batom é tipo o Velvetines da Lime Crime e a ideia é ele ter aplicador de gloss e textura líquida, fácil de aplicar, porém ficar sequinho. Eu AMO esse tipo de batom, por preferir o acabamento e por ele durar horrores nos lábios.

Encomendei os meus produtinhos da NYX no Mercado Livre e depois que mostrar todas as comprinhas, eu indico a vendedora, que foi super atenciosa, rápida e confiável! Eu sei que esses produtos são MUUUUITO mais baratos na gringa, porém eu ganhei de presente de Dia dos Namorados e eu não queria esperar meses, então encomendei aqui.

Apesar de não ser tããão barato, ele custou R$21, então mesmo não sendo a coisa mais barata, foi um preço bom a julgar pelo fato de que na loja online da marca eles custam o dobro! Então com o valor de um eu comprei dois no ML <3

Agora ramo falar do batom?




Ele tem a tampa fosca. Apesar dela pegar muita sujeira e ser UÓ para tirar, é tão, mas TÃO linda, que eu relevo! Ele tem uma textura meeega fina, então você passa nos lábios e ele espalha super rápido e com uma pequena quantidade, ou seja, vai durar bastante. Ele demora um pouco mais para secar, ao contrário do Velvetines que seca imediatamente. O lado negativo é que fica úmido por algum tempo, o lado bom é que assim fica mais fácil para aplicar, acertar, corrigir. Afinal, com o Velvetines você tem só uma chance de fazer certo. Passou errado e não tem demaquilante à mão? Vai ser um parto para corrigir!

Então é tudo questão de ponto de vista!


Ele é lindo, adorei para fazer boca nude, mas com um fundo mais laranjinha. Não fiquei com boca de morta, ficou com aquela cara de saudável! Tenho uma maquiagem usando ele aqui no blog, vejam como fica o conjunto da obra!


Viram? Apaga a boca saudável! Vale o investimento? SIM! AH! E aqui no Brasil, na loja oficial tem somente 6 cores, no ML e na gringa vocês encontram todas! Eu tô amando e quero mais e mais cores!

Alguém mais já usou?

domingo, 10 de agosto de 2014

Look do dia: semana das flores Parte 2

Continuando os looks da semana das flores, recentemente comprei uma calça floral na Riachuelo e contei aqui que não sabia fazer looks com ela sem que eles parecessem primaveris até que eu simplesmente tentei combiná-la com outras peças, que não tivessem essa pegada boho dos looks mais florais e tal.

A melhor maneira foi predominar uma cor que não fosse nada alegre: o preto. Assim eu conseguiria tirar a cara de "fofa" da calça e deixaria o look mais rock'n roll.

Apesar da tshirt ser bem estampada (<3 logan) eu apostei no contraste que ela daria com uma peça mais feminina. Na verdade é sempre o resultado que eu procuro quando invisto em camisetas masculinas. Elas trazem esse contraponto para mim com peças não são tão boyish quanto elas: um equilíbrio saudável!

No mais, quando a cor principal do look é o preto, acho que é muito mais fácil para combinar as peças entre si, mesmo que possuam texturas diferentes, como o courino, o tweed, a camurça, os spikes, as franjas, o algodão. Mesmo sendo materiais tão diversos, eles brincam entre si e proporcionam um look gostoso de usar e de ver. Pelo menos eu acho!





Então aos pouquinhos vou lidando com as flores e aprendendo que nem sempre elas precisam remeter à estação delas. Somente quando quisermos!

Coturno Azcature R$115 | Calça Riachuelo R$80 | Tshirt Wolverine Riachuelo R$30 | Jaqueta Bomber Youcom R$160 | Bolsa de Franjas Renner R$100

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Crônicas de guarda roupas: longas pernas

Um dia, num passado não muito distante, ouvi dizer que todas as mulheres são lindas como são e concordei. Numa outra ocasião, ouvi que todas tínhamos direito de sermos como quiséssemos e concordei. Cheguei ainda a ouvir sobre todos esses padrões de beleza que são impostos pela sociedade e como não devemos nos deixar abater por eles e continuei concordando.

Até que eu ouvi dizer que todas nós, mulheres, podíamos usar qualquer roupa que quiséssemos, pois éramos livres e não podíamos deixar de usar algo porque éramos altas demais, baixas demais, gordas demais e concordei. Porém a ciência da modelagem me mostrou que isso não era tão verdade assim.

Sempre passamos nas lojas do shopping depois do almoço, em parte para bater perna, em parte para gastar nosso dinheirinho. Nas fast-fashions sempre tem novidade, coisa bacana e bonita, coisa diversa. E é assim que cada uma das meninas que andam comigo encontram as peças que lhes cai bem. Vez ou outra encanamos com o mesmo modelo e levamos roupa igual para casa, mas não tem problema. Melhor igual à amiga do que à inimiga, não acham?

Mas também tem aquela peça que só vai ficar bem em uma única pessoa da turma. Independente se é na mais alta, na mais magra, na mais peituda, na que não tem bunda. O poder da modelagem está aí para provar que não existe nega perfeita com corpo perfeito que fica perfeita em todas as roupas perfeitas. A maior prova? O lindo casaco de onça, que na grande Vanessa fica para cima da metade da coxa e em mim? Chega no joelho e me faz parecer uma senhorinha perua do Higienópolis.

Há quem possa aparecer para dizer que "se eu realmente quiser, posso usar esse casaco e ficar linda" e, realmente, pode até ser, porém o caimento do casaco em mim ficou horroroso. Fiquei parecendo um palito dentro de um saco de pão glamouroso, e olha que nem era um número tão maior que o meu. Mas era longo o suficiente para evidenciar ainda mais a minha baixa estatura.

Óbvio: se você amou de paixão, leve antes que tenha uma síncope, mas lembre-se de que você pode simplesmente ser levada por esse pensamento de que "eu sou uma mulher independente e decidida, que não vive com medo dos padrões da sociedade, afinal eles são machistas e arcaicos" e simplesmente gastar o seu dinheiro investindo numa peça que não vai te valorizar em nada e talvez depois fique encostada no seu armário.

Afinal, tratam se de 200, 300 reais em uma única peça de roupa! Tem vezes que vale mais à pena ter bom senso do que idealismo. E ainda mais se for aquele pseudo idealismo, de quem quer ter o que dizer sem ter o que dizer.


Dá para ser linda, idealista, dona de si, gastando pouco e tendo bom senso. É só tentar. #VemPraLoja #NãoVaiTerCasacoDeOnça #BaixinhaRules

Diário da Blogueira: dos dias que me esqueci de escrever

Desde muito nova sempre amei escrever. Talvez não do modo convencional que meninas de 10 e 11 escrevem, em diários com cadeados. Sempre fui mais chegada em mostrar a todos aquilo que eu tinha a dizer. Seja numa folha de papel perdida, numa lousa da escola ou no chão da rua de casa.

Quando comecei a ter acesso aos blogs da vida, logo quis ter o meu para poder escrever qualquer coisa. E por isso que hoje, depois de quase 7 anos alimentando pequenos espaços na internet, eu continuo mantendo esse hábito. Confesso que com menos frequência do que em outras épocas.

Talvez seja pela sobra de trabalho. Pela falta de tempo. Nunca pela falta do que falar. Passo os meus dias matutando. Nem sempre o que quero falar é sobre maquiagem. Ou sobre roupa. Ou cabelo.

Tem sempre aquele dia em que meu lado poético está mais aflorado. E nem é um poético de versos e poemas. É o poético da vida. Que a gente pensa no mundo. No funcionamento das coisas. Que a gente tem uma elevação maior do que nos demais dias de nossas vidas e nos sentimos flutuantes com tudo que acontece ao nosso redor.

Calma. Não usei droga alguma. Estou escrevendo da cadeira do meu trabalho. Mas penso nisso. Tem vezes que me transporto para realidades tão distantes. Com uma música. Um pensamento. Uma história. Uma lembrança. E sou tomada pela sensação de não pertencer ao local que pertenço. Não estar no local onde estou. Tem vezes que eu até me esqueço onde estou, quase perdendo o ponto ou a estação que preciso descer.

E são nesses dias que eu mais deveria escrever. Traduzir em palavras toda essa loucura que vibra e corre dentro de mim. Essa imaginação fértil que me faz viajar quilômetros de distância. Achava eu, quando criança, que um dia eu deixaria de imaginar. De pensar. De viajar dessa forma. Mas continuo do mesmo jeito: escapando para os mundos paralelos que eu criei.

Não que eu não seja capaz de lidar com a realidade. Pelo contrário. Mas quem disse que só devo viver o real? Tem coisas que não estão ao nosso alcance. Físico. Porém podemos ir para onde quisermos.

Talvez eu devesse materializar todos esses pensamentos em pequenos contos. Ou pequenas histórias. Ou em pequenos livros. Ou talvez deva continuar me transportando para elas toda vez que me sinto cansada demais para estar no mundo real e deixar que isso pertença somente a mim. Será que é muito egoísmo não compartilhar tudo que pulsa dentro de mim? Quem sabe um dia eu consiga ter essa certeza!

Look do dia: semana das flores Parte 1

Já vi vários blogs terem semanas temáticas: semana do batom vermelho. Do azul, da flor, do seja lá o que for. Mas eu mesma nunca tinha feito nada do gênero e há algumas semanas eu tentei fazer a minha versão. Com flores!! Tudo bem que estou atrasadíssima com esses looks, mas o que vale é a referência, não é?

Então aqui vai o look que usei na segunda feira!

Apesar de fazer looks assim, misturados, eu sempre fui uma pessoa muito básica, mesmo na hora de ousar. Notei isso quando via outros blogs do gênero, em que as meninas faziam grandes produções mirabolantes. Pensei sempre que talvez elas não saíssem daquela forma, mas se saem são bem ousadas.

Trabalho em uma agência de comunicação que não barra minhas vestimentas, mas tem coisas que eu não tenho coragem de usar no trabalho (tipo um cropped, sabe?), mas vou aprendendo aos poucos como combinar as coisas. Há uns 6 meses se você me desse uma jaqueta floral, eu NUNCA que usaria ela com uma calça turquesa. Não. Talvez com uma skinny preta e olhe lá.

No caso desse look ela veio acompanhada da calça colorida, da TShirt temática, da bolsa de granja e da yellow boot. Escrevendo, sem olhar para a foto, dá até para pensar que ficou uma grande patifaria, mas até que eu gostei do resultado: contrastante e vivo. Tudo que eu nunca consegui fazer em looks de inverno!




Os tons da jaqueta conversam com todos os demais tons das peças que escolhi. E o fato de ser uma combinação ousada não me deixou desconfortável, daquele jeito que a gente sai com uma roupa diferente pela primeira vez e acha que tá todo mundo olhando, sabe?

Ah! E relevem essa foto engraçada do meio. O TH adora tirar fotos enquanto eu falo ou tiro a jaqueta. Acho que ele curte me zoar. Só acho. HAHAHAHAHA

Jaqueta Renner R$40 na promo | Tshirt Riachuelo R$35 | Skinny Renner R$70 | Yellow Boot QIX R$319 | Bolsa de Franjas Renner R$100
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...