sexta-feira, 27 de junho de 2014

Look do dia: vejo flores em você

De todas as coisas que entraram no meu guarda roupas recentemente, creio que 95,5% são coisas que de alguma forma nunca entraram antes. Seja por preço, por interesse, mas acho que principalmente por falta de estilo/preparo para tais peças.

E olha gente, nem estou falando de nenhuma roupa absurda, tipo louca, estou falando de blusa de tricô, calça estampada, cardigã estampado. Curioso que não sou uma pessoa com muitos paradigmas fashion, aliás, achei que não era.

Quando finalmente consegui comprar minha primeira calça estampada feat. florida cai na real de que estava há mais ou menos 2 anos tentando encontrar uma que caísse bem, que tivesse uma estampa bonita, que combinasse comigo, que combinasse com meu armário. Engraçado como alguns desses paradigmas se formam na nossa cabeça, né? Acho que até então eu não me sentia preparada para criar looks com uma peça tão desafiadora. Uma blusa florida é mais fácil de esconder com um casaquinho por cima. Uma calça grita para o mundo: "GENTE, TOU AQUI, TOU CHEGANDO!!!!!!"

Acredito que o jeans tenha caído no gosto público há tanto tempo e por tanto tempo justamente por se "camuflar" no meio de todo mundo, com variações de azul claro/escuro, e não gritar tanto para todo mundo.

Por essas, e outras, que apostar em calças com cores e estampas ainda não é para todo mundo, apesar de ter conquistado uma grande parcela de pessoas. Essa minha eu encontrei na Riachuelo, numa daquelas passadinhas despretensiosas, na hora do almoço, para dar uma "olhadinha". Confesso que apostei muito mais no fato de ser jegging (jeans com cós de legging, sem zíper e botão), pois já andava interessada numa calça desse modelo, do que pelo fato de ser florida. Então fui para o provador e realmente amei o caimento, coisa que nunca, vejam bem, nunca tinha acontecido com uma calça da Riachuelo.  Depois de pagar, parei e pensei: "putz, e agora?!" HAHAHAHAHAHAHA

E o resultado do primeiro look da calça estampada e colorida foi esse: uma coisa meio primaveril. Acho que não estou pronta para tirar o primaveril das flores!





Sei que esse post vai ficar longo, mas tenho muito a dizer sobre o look, sobre paradigma, sobre as peças! Esses tempos a minha querida amiga Jessica (que deveria escrever nesse blog) quis ir ao Bom Retiro e pediu minha companhia. Que fique registrado que era um sábado frio, chuvoso e cinza e eu levantei 7:30 para acompanhá-la! Eu não tinha intenção de comprar nada mesmo, a menos que achasse um tricô bonitinho e gracioso para chamar de meu e isso aconteceu por míseros R$35 reais. Foi a realização de um sonho, pois queria pagar bem barato mesmo no tricô, ao contrário do que encontramos nas fast-fashions da vida. Já a bota? A bota vai merecer um post só dela, pois a história, além de ser longa, merece detalhes e argumentos. E, preparem-se, pois ela vai aparecer pelos próximos looks do dia, afinal ela se tornou meu SDP. (Clique aqui se você não sabe o que é SDP).

Yellow Boot Double G QIX R$319 | Calça Floral Riachuelo R$80 | Regata Branca Têxtil Abril R$13 | Tricô Bom Retiro (não lembro a loja) R$35

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...