sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Pitada de Fitness: Reeducação Alimentar


Hello Girls, como vocês estão? Prometi nesta semana que postaria sobre a minha reeducação alimentar e aqui estou eu pronta para contar tudinho para vocês.

Antes de falar do que eu como e das mudanças na minha alimentação, é necessário dizer que a reeducação alimentar é para a vida toda e, por isso, é necessário primeiro mudar a cabeça de gordinho e ter muita força de vontade.

Eu só me toquei que precisava, MESMO, fechar a boca quando comecei a ver que estava feia em todas as fotos. Fui, me matriculei na academia e fui orientada pelo nutricionista da Bio Ritmo. Faço outro post para falar sobre o meu treino, prometo!

O segredo todo mundo sabe, mas poucas pessoas efetivamente colocam em prática: Comer menos e gastar mais! A orientação do nutricionista também não diz nada que a gente já não saiba, mas é bom lembrar de alguns itens que ele citou:

1.  Dietas rápidas (proteína, dukan, USP, do miojo e etc) não são boas e nem saudáveis para quem frequenta a academia, pois na academia há um alto gasto de energia e essas dietas são baseadas em baixa ingestão de calorias.

2. Comer de 3 em 3 horas é importante caso você queira perder peso, pois acelera o metabolismo.

3. ATENÇÃO! Fazer as 6 refeições por dia não significa comer muito. Estipule um valor de calorias ideal para a ingestão e deixe o maior número de valor energético para refeições principais como (café da manhã e almoço).

4. Não deixe de frequentar festas, comemorações. A reeducação alimentar permite que você coma de tudo, desde que você saiba dos limites e compense depois para não engordar novamente. A vida social é um fator importante e ajuda a manter a nova maneira de se alimentar para o resto da vida.

5. Ter a cabeça de gordinho é como se fosse um vício, comer exageradamente é um vício. Então entenda que é um dia de cada vez, tem dias mais fáceis e dias mais difíceis. Tenha foco.

6. É necessário ter sempre um objetivo e um prazo para alcançá-lo. O meu, por exemplo, é estar com 53 quilos até o dia da minha formatura que é em janeiro.

7. Dores de cabeça, irritação e mau humor são sintomas normais dos primeiros dias, pois você está entrando em um processo diferente. Antes o corpo estava acostumado a uma alta ingestão calórica, que se transformava em gordura, e agora ele esta com uma ingestão adequada com um alto gasto calórico. Depois da primeira semana tudo flui normalmente, não se assuste.

8. Encontre alguma atividade física que você realmente tenha prazer em fazer, seja natação, hidroginástica, dança, musculação, aeróbico, lutas e etc e beba sempre 2 litros de água por dia.

9. Quando pensar em comer uma gordice, vá até o espelho e tire a roupa. Se você gostar do que ver coma mesmo! Se não gostar, não coma.

10. Desistir é sempre a opção mais fácil, a escolha é sua.

Dada às dicas, vou ao meu dia-a-dia, eu tenho a cabeça de gordinha e nutro um prazer imenso em comer besteiras, controlar isso é o meu maior desafio. Na primeira semana da reeducação eu reduzi tudo que eu comia pela metade e me forcei a tomar café da manhã.

1 e 2 – Semana:
Café da manhã: 1 pão com requeijão e 1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 maçã
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 2  colheres (sopa) de feijão e 1 proteína do tamanho da minha palma da mão
Lanche da tarde: 1 banana
Jantar: 5 Torradas Multigrão com manteiga e 1 copo de iogurte integral
Lanche da noite: Chá de camomila

3 e 4 – Semana:
Café da manhã: 1 fatia de pão com requeijão e meio copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 maçã
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 1  colheres (sopa) de feijão e 2 proteínas do tamanho da minha palma da mão
Lanche da tarde: 1 banana
Jantar: 4 Torradas Multigrão com manteiga e 1 copo de água de coco
Lanche da noite: Chá de camomila

Esse cardápio é estruturado para mim, não vão fazer à louca e seguir porque daí, já vai começar fazendo errado, procure orientação de um nutricionista que ele irá indicar a você a melhor opção.
Com o cardápio acima e encerrado o primeiro mês da reeducação alimentar, tivemos novas alterações. É necessário todo mês mexer no cardápio, pois o corpo acostuma com o ritmo da alimentação e diminui a intensidade de queima de calorias. (- 4 quilos)

5 e 6 – Semana:
Café da manhã: 1 banana e  1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 Belvita
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 1 colheres (sopa) de feijão (dia sim/dia não) e 1 proteína grelhada a vontade.
Lanche da tarde: 1 barrinha de cereal + gelatina
Jantar: Vitamina de frutas com leite
Lanche da noite: Chá de camomila, chá matte, qualquer chá.

7 e 8 – Semana:
Café da manhã: 1 banana e  1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 mamão
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 1  colheres (sopa) de feijão(dia sim/dia não)  e 1 proteína grelhada a vontade.
Lanche da tarde: 1 fruta (a critério)
Jantar: salada com torradinha
Lanche da noite: Chá (a critério)
Com o cardápio acima e encerrado o segundo mês da reeducação alimentar, tivemos novas alterações. Lembre-se é necessário todo mês mexer no cardápio, pois o corpo acostuma com o ritmo da alimentação e diminui a intensidade de queima de calorias. (-3 quilos)

9 e 10 – Semana:
Café da manhã: 1 banana e  1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 mamão
Almoço: 2 colheres (sopa) de arroz + 1  colheres (sopa) de feijão(dia sim/dia não)  e 1 proteína grelhada a vontade.
Lanche da tarde: 1 fruta (a critério)
Jantar: salada com 1 opção de proteína grelhada
Lanche da noite: Chá (a critério)



Vamos ver quanto vou perder. Vou informando vocês, é isso gente!

Um beijo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...