sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Pitada de Beleza: They're Real! - Benefit

Quando comprei o kit de miniaturas da Benefit o que eu menos estava ansiosa para usar era a máscara They're Real. Sei lá porquê. Acho que por causa dos outros produtos eu fiquei menos curiosa, afinal o Benetint e o Porefashional eram minhas reais curiosidades. E o Stay Don't Stray também, mas desse eu falo depois.

É uma miniatura de 3,5 gramas e apesar de parecer pequena, é metade da máscara em tamanho full size, ou seja, vai durar bastante mesmo com o uso constante.


O aplicador é engraçadinho: tem cerdas de dois tamanhos e elas são bem pontudinhas e lá na ponta dela tem uma espécie de mamona, para alcançar os cílios mais curtos. A ideia da máscara é dar efeito de cílios postiços e ela é bem fluída em comparação a outras máscaras.



Usei durante alguns dias para poder fazer uma resenha decente e não vou mentir para vocês: não rolou uma paixão intensa. Claro que falando assim parece que não gostei, mas achei algumas coisas diferentes na máscara que me fizeram pensar bem. Em primeiro lugar, eu gosto de máscara que alonga e dá volume e gosto de construir isso com camadas. A impressão que tive nesses dias de uso é que apesar de passar várias camadas ela não foi ficando mais dramática.

Ela é uma máscara bem pretinha e quando vai secando, vai ficando bem firme nos cílios, ela não é do tipo que esfarela. Na hora de tirar, como sempre faço no banho, ela não é como as outras laváveis que viram água suja com facilidade. A They're Real é daquelas máscaras cheias dos polímeros que envolvem o cílio formando uma espécio de tubinho, então ela não é à prova d'água, mas não com qualquer aguinha. O toque da máscara é diferente das outras que usei, isso eu garanto.

Minha impressão geral foi a que citei acima: não rolou uma paixão absurda, ela define super bem os cílios, mas quando quero um volume extra acabo misturando com outra máscara.

Vou fazer como algumas outras máscaras, que são aclamadas por muitos e não me conquistam: vou deixar um pouquinho de lado para ver se daqui algum tempo eu repenso o desempenho delas.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Look do dia: sem complicações

Não ta faltando post. Tá faltando tempo para acessar o blog com calma, escrever com coerência, criatividade para falar direito das coisas, sem ser vazia e distante. Afinal, trata-se do significado das minhas coisas: dos meus looks, das minhas maquiagens, das minhas ideias e opiniões.

E é por isso que acho que alguns blogs são tão vazios, tão supérfluos. Eles não passam a essência de quem escreve. Alguns até parecem apenas vitrines de quem quer tanto aparecer e ganhar a vida com o blog. A dica pela dica, a pura e livre informação, a troca de experiências e a relação com o comportamento passam longe de muitos blogs.

Às vezes eles estão lá, atualizados diariamente, mais que uma vez por dia. Mas, e a qualidade? A profundidade? Não vejo, não encontro. Digo isso, pois às vezes sou acometida por uma vontade muito forte de não bloggar mais, de não manter posts quase que diários, justamente por ver que faz sucesso até mesmo quem nada tem a dizer. Não por essas pessoas que eu deixaria de bloggar, mas talvez justamente pela falta de tempo, de criatividade.

Afinal, desamparados os leitores não ficariam, ou ficariam?

Não há como saber e apesar de todos esses questionamentos, eu não consigo simplesmente parar de produzir, ou simplesmente deixar de escrever, já que é algo que faço quase que naturalmente, na maioria das vezes. Por isso que, mesmo quando falta o que dizer, eu tento ter o que dizer, porque é algo que nutre e anima, que completa.

Meu blog, continuo a dizer, é um hobbie e como sabemos, hobbie é passatempo, é coisa que a gente faz porque gosta. Acho que por essas e outras eu não largo ele.

 

Mas sabemos que não vim aqui para divagar sobre os poréns de ser blogueira, vim para falar desse look que usei há tantos dias que já nem me lembro mais especificamente da motivação que me fez usar essas roupas em conjunto, sei apenas que a combinação fluiu.



Fluiu por que preto com branco não tem como errar e o toque de dourado não gritou mais do que deveria. Esses looks, assim meio "básicos", são os mais legais de ver fotografados, pois apesar de toda simplicidade de cada peça separada, unidas formam um conjunto que orna, que é agradável aos olhos.

Esses looks sem complicações são aqueles que a gente levanta e veste em menos de cinco minutos, não precisa ficar testando o que combina com o que. E são desses que eu gosto mais nos dias de cansaço e estresse. Só vestir e pronto. 

Deixa a complexidade para os dias em que o humor tá nas alturas.

Rasteirinha Oneself C&A R$50 | Skinny Renner R$79 | Regata Besni R$25 | Jaqueta Bomber Brás R$18 | Bolsa Carteiro Renner R$80

sábado, 23 de novembro de 2013

PitadaTV: Maquiagem da Katniss - Em Chamas

Olá pessoal!

Essa sou eu vindo liberar post às 23h30m de uma sexta-feira. Isso por dois motivos: 1) não posso ficar acordada até super tarde, pois amanhã super cedo tenho o evento de um cliente e 2) estou morrendo de ansiedade para liberar esse post! Isso porquê eu sou APAIXONADA pela saga de Jogos Vorazes e também porque eu amei as maquiagens que desenvolveram para a Katniss (Jennifer Lawrence).

Então sem mais delongas, vejam o vídeo com a maquiagem que ela usa no programa de TV ao vivo, pré-arena!






Espero que tenham gostado!!

Beijos!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Look do dia: Punk, Glam e Gangueragem

Sabe o que é pegar e misturar absolutamente tudo e ver no que dá? Bom, essa sou eu em alguns dias na minha e confesso que não sou nenhuma rainha da esperteza não, eu só vou vestindo e vendo no que dá, saio de casa, trabalho o dia inteiro e ai, quando já estou toda descabelada, faço as fotos. Depois eu ainda deixo as fotos na câmera por alguns dias e finalmente, quando pego para editar, é quando eu percebo que mistura danada que eu fiz.

Talvez em tempos de uma moda tão abrangente, interminável e indefinida as pessoas não assimilem as referências com tanta estranheza ao vê-las juntas, porém não posso deixar de percebê-las tãos distantes dentro de um look que cabem tão bem juntas. 

Calma, explico!



Fiz uma escolha intuitiva: usar o que eu gostasse e que combinasse. Juntei creeper com t-shirt estampada com jaqueta bomber brilhosa e ai que vem a miscelania de referências: um pouco do punk dos anos 70, um pouco do hip hop e uma pitada de glam com o brilho pseudo discreto da jaqueta. Olhando assim, a construção orna e nem pensei em nenhuma revolução fashion na hora de vestir, apenas gosto mesmo. E no que deu? Numa mistura tremen


Mas acho que o grande ponto é: quantas pessoas perceberam essas referênvias e fizeram esse paralelo? Claro que ninguém é obrigado a saber tudo da moda, mas será que quem me viu na rua fez a mesma ligação que eu fiz quando vi meu look na tela do computador? Talvez seja isso que falte para a moda deixar de indefinida: um pouco de clareza nas referências e muita criatividade na hora de usá-las!

Creeper R$30 | Calça Renner R$70 | Regata Nike R$50 | Jaqueta Bomber R$18 | Bolsa Chinesinho R$30 | Colar 25 de março R$15

PitadaTV: Como Definir o Canto Externo do Olho

Olá, tudo bom?

Depois que fiz o vídeo sobre como esfumar o côncavo uma leitora super fofa, a Karen, me pediu para ensinar também como definir o cantinho externo, pois era o que ela achava mais difícil. Como eu adoro quando vocês fazem sugestões eu corri gravar, porém com a correria eu só consegui editar e subir para o youtube no último final de semana

Porém, não há mais demora, post no ar! Assistam em HD e qualquer dúvida, deixem nos comentários!!

por um mundo com cantinhos definidos ♥


Espero que gostem!!

Beijos

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Pitada de Beleza: Velvetines - Lime Crime

Tem sempre aquele produto que a gente até tenta não comprar, mas acaba comprando num impulso por amar demais, certo? Com o tão aclamado Velvetines da Lime Crime foi assim. Primeiro, o contexto: o Velvetines é um batom líquido mate longa duração da marca Lime Crime, que tem produtos muito legais e bonitos e veganos (sim, veganos). Eu não tinha nada da marca até então, pois tenho muita preguiça de comprar nos sites de fora e esperar meses para chegar, mas quando vi que estava disponível na Debby Shop corri para comprar.



As embalagens da marca dão um show à parte, super coloridas, desenhadas, com relevo, pequenos detalhes que impressionam e muitas vezes formatos diferentes (tem uma linha de glosses inspiradas num carrossel *-*). E a qualidade do produto? Bem, vejamos!

Toda vez que um produto fica super queridinho de todas as pessoas devemos tomar um cuidado redobrado para não se basear nas experiências dos outros e simplesmente nos frustrarmos quando o produto não atender as NOSSAS expectativas. Esse batom surgiu como um "boom" na blogosfera de beleza, porém escolhi não ler nada muito aprofundado a respeito para poder formar minha própria opinião.


A consistência dele e diferente de outros batons líquidos que já testei, ele é mais ralo, formando uma camada mais fina quando aplicado. O aplicador é igual ao de gloss, mas é um produto que fica totalmente seco e opaco nos lábios, apesar de durar muitas horas ele não é difícil de tirar (alguns são quase que impossíveis). Testei ele por vários dias, durante a semana, para ver como ele reagia.

Por não formar uma camada de produto muito espessa, ele fica mais leve nos lábios e não os resseca tanto quanto o Ruby Woo, por exemplo, também não craquela nem deixa pelinhas soltas. Ele dura intacto até a hora do almoço e dependo do que como, ele sai na parte interna dos lábios, mas bem pouco, de boca fechada nem dá para perceber. Depois de retocar só essa parte, fiquei até umas 21h sem precisar mexer no batom, pois ele estava lá inteiro, com o mesmo tom vivo e vibrante e firme na boca. Eu bebi água, café, comi doces e nada. Ainda antes do banho o bendito estava lá, perto das 23h, já meio borrado, confesso, mas ainda na boca.

É um dos melhores batons que já usei na minha vida, pois além da cor ser linda, o produto é excepcional e vale cada centavo!

domingo, 17 de novembro de 2013

Look do dia: até os estranhos ficam bem de blazer

Ok, um título engraçadinho, mas é verdade! Eita pecinha que deixa todo mundo elegante, arrumadinho e com um shape bacana. Desde um look formal, até uma proposta mais moderninha, o blazer combina com diversas ocasiões e estilos, tudo depende do conjunto da obra.

Neste dia, sei lá porquê, quis combina-lo com esta calça que tem um corte mais social. Apesar da combinação de duas peças mais sociais, o fato da calça ter essa estampa geométrica e a escolha das demais peças fez com que o look ficasse mais despojadinho.




Foi algo totalmente diferente de mim, pelo menos eu achei. É engraçado como às vezes nós usamos coisas que não imprimem totalmente quem nós somos, mas que combina e faz nos sentirmos bem do mesmo jeito, não acham? De qualquer forma, foi uma das muitas combinações que um blazer pode nos proporcionar.

Muita gente (digo consultores de moda) consideram ele uma peça que todo mundo "tem que ter" no guarda-roupa para montar bons looks, apesar de não concordar com muuuitas regras na hora de vestir e tal, eu acredito muito piamente nessa máxima! Então, seja colorido, quentinho ou não, o pretinho básico, caro ou barato, sempre tenham o de vocês esperando para completar um look que poderia ficar super sem graça ou simples demais!

Viva o blazer <3

Blazer Ebay R$40 | Regata Têxtil Abril R$14 | R$ Calça Lailak R$20 | Sapatilha Pink Connection R$50 | Bolsa Chinesinho da Lapa R$30 | Colar 25 de Março R$15

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Look do dia: uma questão de numeração

Comprar uma peça que gostamos é sempre uma equação: o preço está dentro do nosso orçamento? o estilo nos agrada? tem a nossa numeração? De acordo com as respostas a essas perguntinhas básicas compramos, ou não, uma nova roupa para o armário. Ainda no tempo de férias fomos ao shopping pagar uma conta e comer uma besteira e foi lá dentro da C&A do Bourbon, saindo da parte de Atendimento ao Cliente, que passamos pelo setor infantil masculino.

O que nos chamou a atenção foi um body com os Avengers desenhados estilo "baby" na estampa. Depois de decidir que não fazia sentido levar a roupinha de bebê (já que não temos nenhum), olhamos algumas camisetinhas e no meio delas o TH encontrou blusas do Thor. Bom, vocês já sabem o meu amor por super heróis da Marvel, não é?

Olhando as camisetas fiquei com vontade de comprar e separei duas: uma amarela e uma vermelha. Eis que meu cunhado vira e pergunta "mas não é de criança?", mas acontece que serve e eu nem liguei! Comprei nos tamanhos 8 e 10 e a maior ironia é que, se fossem camisetas do setor Adulto seriam uns R$20 reais mais caras, como já vi nas lojas de departamento.


Mesmo sendo de cores fortes e polêmicas levei. O amarelo não é uma cor que eu use muito, para falar a verdade acho que só tenho um vestinho amarelo e ainda assim o amarelo dele é menos chamativo do que esse. Apesar de ser uma cor que combina com meu tom de pele, não é algo que combina muito com a minha personalidade, sei lá, porém no look de cores primárias, ela se comportou super bem!




Aqui não dá para ver, mas a calça é azul! A bolsa e a sapatilha combinando foram fruto de uma paixão repentina pela sapatilha vermelha e o fato dela ficar bem com tudo que tem no meu armário! Como apostar em cores primárias sempre dá certo (eu adoro o efeito delas juntos, bem estilo Mondrian <3) usei a camiseta amarela dessa forma, para ela não destoar ou então ficar algo muito over, apesar de defender a livre personalidade no modo de vestir, não gosto de algumas coisas, então é meu jeito de vestir, certo?

Um look simples que deixou toda a atenção para a camiseta infantil masculina <3

Camiseta C&A R$19,90 | Legging Bom Retiro R$15 | Sapatilha Pink Connection R$50 | Bolsa Demanos R$20 | Jaqueta Xadrez R$90

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Look do dia: dos dias que fazia calor

E não é que eu pensei que entraria o mês das flores e que flores surgiriam? Mas não, tem feito frio e chuva nos últimos dias aqui em SP e toda a minha morenice adquirida lá nos confins do Ceará tem ficado escondida debaixo de uma porção de blusas e botas, porém foquemos no look de quase duas semanas atrás! Tenho estado meio em dúvida do que usar, em geral, e neste dia não foi diferente. Queria usar uma blusa, que não combinava com nenhuma saia, que depois quis mudar.

Foi difícil. A Saia estava larga e aproveitei minha máquina de costura para ajusta-la. Ela ficou certa no corpo e decidi usar com a regatona que comprei na liquida da Topshop, um pouco antes das férias. Blusa que foi um feliz encontro. Passei pela loja com as meninas, Jessica e Lola, apenas para dar uma "olhada" e acabei encontrando umas promoções. Essa blusa estava com uma etiqueta de R$39,90 e no caixa a surpresa: R$19,90. Dei 10 pulinhos de alegria internamente e sai toda alegre com minhas aquisições.



Usei bastante em Jeri e como ela é bem cavada deixa bem amostra a minha nova tatuagem da costela (ainda não finalizei, por isso que ainda não mostrei). Depois de escolher a regata, veio a dúvida: qual sapato? E não é que eu desenterrei o slipper de onça? Mesmo com a mistura de estampas, as cores se combinaram e não ficou "over", já a bolsa vermelha foi um pouco de ousadia, assumo, mas no final combinou bastante!

Slipper Di Santinni R$45 | Saia C&A R$20 | Regata Topshop R$20 | Bolsa Demanos R$20

Pitada de Beleza: Benetint - Benefit

Um dos produtos que eu mais tinha curiosidade de testar, com certeza, era o Benetint. Como o nome sugere, é da marca Benefit, rainha dos produtos fofos, tecnológicos e criativos. Trata-se de uma tinta bem ralinha, com a proposta de colorir os lábios e maçãs do rosto e deixar um ar natural e corado, com cara de saúde mesmo, sabe?

A minha maior curiosidade era em relação à aplicação do produto, pois por ele ser líquido e bem pigmentado fica a dúvida de como aplicar, o tempo que podemos "demorar" com ele concentrado e por aí vai.


A Miniatura que veio no kit tem 4ml e por ser um produto líquido, ele rende muito. Acho que acaba até valendo à pena no final, pois o tamanho full size demora muuuito tempo para acabar e dependendo da frequência de uso (ou a falta dela) ele pode estragar.

Na boca apliquei direto com o pincel do produto (que lembra pincel de esmalte) o centro da boca e depois fui dando batidinhas para espalhar. Por ser bem ralo, ele fica assim, coradinho, com pouca cor e naturalidade (a nível de informação, minha boca não é rosinha, ela é mais escurinha), nunca lembro de jogar ele na necessaire, mas acho que é um ótimo aliado nos dias que tô querendo fazer a linha mais "acordei bonita assim" e nunca tenho como deixar minha boca natural sem ser com batons rosinhas.


Já no rosto, que era a maior dificuldade, apliquei, também direto com o pincel, algumas gotinhas no alto da maçã e rapidinho vim com o pincel duo fiber e fui espalhando na direção das têmporas. Achei que iria ficar marcado onde apliquei as gotinhas, porém não ficou, pelo contrário, foi uma das primeiras vezes que o meu blush ficou tão natural, pelo menos eu achei.


Como eu disse antes, claro que o vidro grande é muito grande, mas é um produto que vale o investimento, pois é muito prático, diferente e com um uso super natural e bonito. Sei que a marca tem outros tipos de "tint", com outras cores de fundo (laranja, dourado e afins) e também devem ser muito legais, mas esse, de todos, é o mais universal!

O kit custom R$162, mas o Benetint full size custa R$149,00.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Look do dia: a saia que brilha

Essa saia foi mesmo um achado. Mesmo de "liquida" ela conquistou meu coração (e porque não a cintura também?) e ela aparece assim, em dias em que eu acho que preciso de um pouquinho mais de brilho. A Saia da Topshop é mais discreta pessoalmente, talvez não ao sol, porém é menos reluzente. Porém é linda e vibrante.

Usei esse look para voltar ao trabalho. Foi uma segunda feira bem quente e eu queria mesmo mostrar a corzinha que adquiri nas férias. Relevem minha cara, acontece que voltei na primeira segunda do horário de verão, ótimo para já começar se ferrando e dormindo menos. Além disso, cheguei recebendo diversas notícias.

Talvez isso explique o meu sumiço. Voltei deixando de ser produtora e assumindo o atendimento de duas contas da casa. Ao mesmo tempo que isso é bom, é algo bem cansativo, por se tratarem de novos processos, novas demandas e novas responsabilidades.




Ainda estou me adaptando na nova função. Em paralelo a isso tem reforma na empresa acontecendo, pesquisa de apartamentos, compra de enxoval…Tenho estado cansada, não aquele tipo de cansaço do mundo, só cansaço físico mesmo, de quem tá fazendo bastante coisa. Enquanto isso, os posts estão ali na fila para serem liberados e não.

É que muitas vezes não basta vir aqui por vir, sem ter o que dizer, sem ter o que escrever. Então vou aparecendo aos poucos mesmo!

Sapatilha Pink Connection R$50 | Saia Topshop R$35 | Cropped Pow Renner R$30 | Bolsa Demanos R$20

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Pitada de Fitness: Reeducação Alimentar


Hello Girls, como vocês estão? Prometi nesta semana que postaria sobre a minha reeducação alimentar e aqui estou eu pronta para contar tudinho para vocês.

Antes de falar do que eu como e das mudanças na minha alimentação, é necessário dizer que a reeducação alimentar é para a vida toda e, por isso, é necessário primeiro mudar a cabeça de gordinho e ter muita força de vontade.

Eu só me toquei que precisava, MESMO, fechar a boca quando comecei a ver que estava feia em todas as fotos. Fui, me matriculei na academia e fui orientada pelo nutricionista da Bio Ritmo. Faço outro post para falar sobre o meu treino, prometo!

O segredo todo mundo sabe, mas poucas pessoas efetivamente colocam em prática: Comer menos e gastar mais! A orientação do nutricionista também não diz nada que a gente já não saiba, mas é bom lembrar de alguns itens que ele citou:

1.  Dietas rápidas (proteína, dukan, USP, do miojo e etc) não são boas e nem saudáveis para quem frequenta a academia, pois na academia há um alto gasto de energia e essas dietas são baseadas em baixa ingestão de calorias.

2. Comer de 3 em 3 horas é importante caso você queira perder peso, pois acelera o metabolismo.

3. ATENÇÃO! Fazer as 6 refeições por dia não significa comer muito. Estipule um valor de calorias ideal para a ingestão e deixe o maior número de valor energético para refeições principais como (café da manhã e almoço).

4. Não deixe de frequentar festas, comemorações. A reeducação alimentar permite que você coma de tudo, desde que você saiba dos limites e compense depois para não engordar novamente. A vida social é um fator importante e ajuda a manter a nova maneira de se alimentar para o resto da vida.

5. Ter a cabeça de gordinho é como se fosse um vício, comer exageradamente é um vício. Então entenda que é um dia de cada vez, tem dias mais fáceis e dias mais difíceis. Tenha foco.

6. É necessário ter sempre um objetivo e um prazo para alcançá-lo. O meu, por exemplo, é estar com 53 quilos até o dia da minha formatura que é em janeiro.

7. Dores de cabeça, irritação e mau humor são sintomas normais dos primeiros dias, pois você está entrando em um processo diferente. Antes o corpo estava acostumado a uma alta ingestão calórica, que se transformava em gordura, e agora ele esta com uma ingestão adequada com um alto gasto calórico. Depois da primeira semana tudo flui normalmente, não se assuste.

8. Encontre alguma atividade física que você realmente tenha prazer em fazer, seja natação, hidroginástica, dança, musculação, aeróbico, lutas e etc e beba sempre 2 litros de água por dia.

9. Quando pensar em comer uma gordice, vá até o espelho e tire a roupa. Se você gostar do que ver coma mesmo! Se não gostar, não coma.

10. Desistir é sempre a opção mais fácil, a escolha é sua.

Dada às dicas, vou ao meu dia-a-dia, eu tenho a cabeça de gordinha e nutro um prazer imenso em comer besteiras, controlar isso é o meu maior desafio. Na primeira semana da reeducação eu reduzi tudo que eu comia pela metade e me forcei a tomar café da manhã.

1 e 2 – Semana:
Café da manhã: 1 pão com requeijão e 1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 maçã
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 2  colheres (sopa) de feijão e 1 proteína do tamanho da minha palma da mão
Lanche da tarde: 1 banana
Jantar: 5 Torradas Multigrão com manteiga e 1 copo de iogurte integral
Lanche da noite: Chá de camomila

3 e 4 – Semana:
Café da manhã: 1 fatia de pão com requeijão e meio copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 maçã
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 1  colheres (sopa) de feijão e 2 proteínas do tamanho da minha palma da mão
Lanche da tarde: 1 banana
Jantar: 4 Torradas Multigrão com manteiga e 1 copo de água de coco
Lanche da noite: Chá de camomila

Esse cardápio é estruturado para mim, não vão fazer à louca e seguir porque daí, já vai começar fazendo errado, procure orientação de um nutricionista que ele irá indicar a você a melhor opção.
Com o cardápio acima e encerrado o primeiro mês da reeducação alimentar, tivemos novas alterações. É necessário todo mês mexer no cardápio, pois o corpo acostuma com o ritmo da alimentação e diminui a intensidade de queima de calorias. (- 4 quilos)

5 e 6 – Semana:
Café da manhã: 1 banana e  1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 Belvita
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 1 colheres (sopa) de feijão (dia sim/dia não) e 1 proteína grelhada a vontade.
Lanche da tarde: 1 barrinha de cereal + gelatina
Jantar: Vitamina de frutas com leite
Lanche da noite: Chá de camomila, chá matte, qualquer chá.

7 e 8 – Semana:
Café da manhã: 1 banana e  1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 mamão
Almoço: 3 colheres (sopa) de arroz + 1  colheres (sopa) de feijão(dia sim/dia não)  e 1 proteína grelhada a vontade.
Lanche da tarde: 1 fruta (a critério)
Jantar: salada com torradinha
Lanche da noite: Chá (a critério)
Com o cardápio acima e encerrado o segundo mês da reeducação alimentar, tivemos novas alterações. Lembre-se é necessário todo mês mexer no cardápio, pois o corpo acostuma com o ritmo da alimentação e diminui a intensidade de queima de calorias. (-3 quilos)

9 e 10 – Semana:
Café da manhã: 1 banana e  1 copo de leite desnatado com café e açúcar
Lanche da manhã: 1 mamão
Almoço: 2 colheres (sopa) de arroz + 1  colheres (sopa) de feijão(dia sim/dia não)  e 1 proteína grelhada a vontade.
Lanche da tarde: 1 fruta (a critério)
Jantar: salada com 1 opção de proteína grelhada
Lanche da noite: Chá (a critério)



Vamos ver quanto vou perder. Vou informando vocês, é isso gente!

Um beijo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...