quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Pitada de Nerdice: A Vingança Veste Prada

Assim que eu vi que a continuação de O Diabo Veste Prada ia ser lançada, entrei em polvorosa. Acontece que gosto muito do filme e um novo livro era um possível novo filme e fiquei esperta para quando a tradução saísse. Assim que eu vi que já estava sendo vendido, corri para garantir o meu e para minha felicidade (e das minhas economias/enxoval) ele não foi mais que R$35,00 reais, pelo site da Fnac.


Quando fiz a compra, aproveitei para pegar mais alguns outros livros de moda baratinhos e comecei a ler outro primeiro, então não li imediatamente. Quando comecei não parei mais. A história é muito boa e bem escrita, contando como a vida de Andy Sachs está após 10 anos do período em que trabalhou para Miranda Priestly na revista Runway.

Eu diria que foi até mesmo surpreendente, pois não imaginava que ela seria construída dessa maneira. Sem relevar detalhes para quem tem intenção de ler o livro, Andy se casa, mas não é com seu primeiro amor, Alex (o bonitão do primeiro filme), porém o maior acontecimento de sua vida certamente não foi esse e sim a criação de uma revista: Plunge. A publicação é especializada em casamentos, porém não é uma revista qualquer como as demais das bancas, é sofisticada, complexa e cobiçada. Tão cobiçada que com apenas 3 anos de vida a Plunge chamou a atenção de sua arqui inimiga e o grupo que detém as maiores revistas do país, Elias-Clark,  porém como a revista não é só dela, será um grande desafio, pois ela não quer vender, mas sua sócia e melhor amiga, Emily (sim, a Assistente Sênior do primeiro filme), mal vê a hora de assinar o contrato (que pode ser uma furada para elas). 

Essa é só a trama principal do livro, mas acontecem muitas outras coisas interessantes e que prendem a nossa atenção, como traição, maternidade, o amor eterno do primeiro amor, as amizades e a distância, o relacionamento com a família. Juro que mesmo contando tudo isso, acontece muita coisa surpreendente no livro.

A única coisa que não entendi, ou pelo menos não gostei muito, foi o nome do livro, pois achei que ele não se aplica tanto assim à história. Não pelo menos sob a minha ótica. Mas é claro, todos nós vemos e entendemos as coisas de diferentes maneiras. De qualquer forma, é uma leitura mais que indicada!

Se resolverem ler, venham aqui conversar comigo sobre a história e seus detalhes!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...