segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Diário da Blogueira: Minhas tatuagens e seus significados

No meu último post a lindona da Thamy pediu para eu eu falasse sobre as minhas tatuagens no blog e tenho que confessar que já estava me preparando para isso mesmo, afinal é um tema que eu gosto muito e eu amo as que eu já fiz, então aproveitei para unir um pedido de uma leitora tão querida a um desejo antigo!

Bom, quero começar falando da minha relação com a tatuagem e como ela começou. Por volta dos meus 11 anos eu comecei a gostar de skate e hard core (até então eu gostava de músicas e coisas de criança mesmo, tipo Chiquititas e Rouge) e passei a incorporar o estilo mais skatista aos 12, 13 anos. Desde então passei a gostar muito de tatuagem e body modification, porém tive uma criação bem rígida, crescida dentro de igreja e sempre me foi ensinado que era algo errado.

Independente de como as coisas me foram ensinadas, eu passei a ter a minha opinião própria e sempre quis fazer todas as coisas que eu tivesse direito, porém sempre me prendi em respeitar o espaço da minha mãe, que não gosta e não aceitava nem um pouco bem. Entretanto em algum momento a gente tem que deixar se importar 100% com a opinião dos outros, mesmo que seja a da nossa mãe. Acho que mais vale a transparência de ser como sou, do que ficar fingindo ou evitando apenas para agradá-la. Sinceridade é tudo e constrói caráter (seja de um tatuado ou não).

Então eu furei as orelhas, furei o nariz, migrei para os alargadores (ainda que pequenos, para não chocar) e no fim do ano passado fiz a minha primeira tattoo:

 
"Some are dead and some are living. In my life i've loved them all" (Alguns estão mortos e alguns ainda vivem. Em minha vida, eu amei todos eles)

Essa tatuagem é uma homenagem póstuma. Grandes amigos nossos sofreram um trágico acidente e uma grande ferida ficou aberta desde então e eu sentia a necessidade de fazer algum tipo de homenagem. Eu tinha escolhido uma frase de uma música da Avril Lavigne que falava justamente sobre perder alguém: "The pieces of my heart are missing you" (Os pedaços do meu coração sentem a sua falta). Mas isso foi bem na época em que o acidente aconteceu e eu estava ainda muito angustiada com a perda. Como demorei quase 2 anos para criar coragem para enfrentar a minha mãe, meu coração se aquietou um pouco e pude perceber que havia uma maneira mais leve e bonita de fazer uma homenagem: dedicando àqueles que já se foram (não só ao Rafa e à Camila, como também a minha avó materna), e também àqueles que estão vivos e que eu amo muito. Sem contar que eu achei muito melhor me marcar com uma música que fala de sentimentos bons, como saudade, amor e amizade, do que uma tão triste como a da Avril. Foi isso que encontrei na música "In My Life" dos Beatles. O resultado foi essa bela e tão delicada tatuagem.

Depois disso resolvi tatuar uma referência à uma das minhas maiores paixões na vida:

Uma Estrela de Oswald
Muitas pessoas acham que é uma estrela de Davi, mas apesar de ter seis pontas, ela é coloridinha assim não porque eu tenho a mentalidade de uma criança de 5 anos, mas por se tratar de um estudo de cores, usado em tudo que for cor, e também usado na Maquiagem. Acontece que a estrela é formada por dos triângulos principais: um com as cores primárias (vermelho, amarelo e azul) e um com as cores secundárias (verde, laranja e roxo). São as cores que se neutralizam e complementam. Para uma pessoa que trabalha com o uso da cor é algo que faz muito sentido. Eu queria uma referência que não fosse óbvia (como um pincel, por exemplo) e deu super certo, eu adoro ela. Porém foi minha primeira tatuagem colorida e eu cutuquei o azul, formando um queloide, dá para perceber na foto!

No dia que fui retocá-la, aproveitei para fazer uma nova:

Participante Ativo da Eterna Mudança
É uma frase de uma música que eu gosto muito e faz muito sentido para mim. Suave, da banda Forfun (aka, banda favorita), desde quando eu fantasiava fazer tatuagens e queria ter um milhão delas, era algo que eu queria carregar comigo. Definitivamente eu sou uma pessoa em constante mudança, atenta aos acontecimentos ao redor e acabei tatuando isso no dia em que minha mãe foi embora para Minas Gerais com o meu avô, afinal quer mudança maior do que essa? Escolhi essa parte do corpo, porque eu acho muito legal e ainda sim não se tornou algo chamativo como fechar o peito, por exemplo. (Vamos lembrar que trabalho com assessoria de imprensa e as coisas são liberais, pero no mucho, infelizmente).

E anteontem fiz minha 4ª tatuagem:

Uma andorinha old school.
Eu gosto muito desse estilo e meu tatuador (que fez todas as minhas tatuagens até agora), é especializado nesse tipo de desenho (e no oriental também). A andorinha tem um significado muito forte para mim e uma simbologia marcante há muito tempo. Ela remete à lealdade, bem estar, família, amizade. Ainda remete à ligação forte com a nossa terra, com a nossa raiz. Um curiosidade sobre as andorinhas é que marinheiros tatuavam a imagem para dar boa sorte e esperança em voltar para casa, pois andorinhas não voam para muito longe da terra firme. Acho que o significado dela é lindo e me faz lembrar dos amigos e da adolescência. Amei o trabalho que ele fez durante uma convenção em Taboão da Serra e mesmo com a dor (meu pé ainda está bem inchado) estou adorando o meu novo desenho.

Esses são meus desenhos e os motivos pelos quais escolhi fazê-los. Eu não me arrependo deles e tenho a impressão de que sempre estiveram ali, engraçado né? Eu aconselho as pessoas a escolherem bem os locais e os desenhos que vão fazer para não ser algo passageiro demais. Tatuagem é algo atemporal, por isso não dá para seguir modinha nesse aspecto. Eu faço coisas que têm todo sentido para mim. Tenho outra a caminho e acho que depois dela vou sossegar um pouco, rs Mas é algo que eu gosto muito e com toda dor que está associada ao processo de tatuar, eu não as deixo de fazer, pois é algo que me dá muito gosto e felicidade. Acho uma arte corporal maravilhosa.

Espero que gostem! Se tiverem tatuagens, compartilhem suas histórias e fotos comigo!
UPDATE: Quem faz as minhas tatuagens é o Roger, conheço ele há muitos anos, desde o colégio e acompanhei toda a evolução dele, todo o profissionalismo e dedicação. Se estiverem procurando um tatuador bom e atencioso, podem apostar nele. Lembrando que o estilo dele é old school e oriental! Um beijo!

Look do dia: textura, uma aposta certeira

Não é só porque estou de férias do trabalho que o blog vai entrar de férias também, não é?!
Então vamos lá, que apesar dessa segunda-feira fria e chuvosa em SP, eu já bati o tanto de perna que eu pude! rsrsrs

Esse look eu usei tem alguns dias, para variar, e eu estava doida para usar essa calça que eu comprei no Bom Retiro. Ela tem um corte diferente das calças que eu tenho, é corte de calça social, mas o tecido é bem diferente, ele tem essa textura geométrica que dá um efeito visual muito legal.



Já cansei de dizer o quanto teu tenho dificuldade em misturar estampa com outras peças, então como era a primeira vez e eu não estava completamente segura do que estava fazendo, resolvi usar a t-shirt preta dos Ramones, e o meu tênis converse de couro e tava tudo certo, afinal não adianta inventar quando não há segurança, a probabilidade de sair alguma besteira é muito grande.

Esse é um dos meus looks do dia da preguiça, que ocorrem em dias mais frios e chuvosos e contam com a minha não disposição para criar qualquer coisa diferente do que uma calça jeans e quilos de blusas de frio, porém a escolha da calça com estampa diferente, deu um up no look tirando o ar de preguiça. Ponto positivo para a calça linda!

Eu comprei a calça numa loja que tinha várias promoções e ela saiu por R$20, não dava para não levar. Ela ficou um pouco larga para mim, mas eu gostei do estilinho dela, e vocês?

Gostei mais ainda por que foi muito barata, hahahahahaha

Tênis Converse R$90 | Calça Bom Retiro R$20 | Tshirt Ramones Mirôa Bom Retiro R$20

domingo, 29 de setembro de 2013

Tutorial em fotos: Preto esfumado com vermelho

Essa semana foi ao ar um tutorial bem bonito e caprichado para o Beleza Comprada, blog da queridíssima Débora Reis, e como eu sei que algumas de vocês não acompanham o blog dela (mas deveriam, hahahahaha) resolvi liberar por aqui também, para quem ainda não viu!
A proposta dessa maquiagem é sair do comum "preto esfumado com marrom" que estamos acostumadas e acrescentar um pouco de cor para dar um toque diferente e dramático na maquiagem, sem deixá-la fantasiada! Querem ver como faz? Então sigam os passos!


1)Uniformizei a pele com a base Extra Lasting da Avon na cor Bege Natural, corretivo #31 da quem disse, Berenice? e pó compacto Profinish da Make Up For Ever, na cor #127. 2) Começo aplicando a sombra beginha da quem disse, Berenice? no canto interno com um pincel tipo lápis. Em seguida esfumo o côncavo com uma sombra marrom opaca, usei a marrondito, também da quem disse, Berenice?.



3)Com um pincel de esfumar eu aplico uma sombra vermelha por cima do marrom e esfumo. A minha sombra é a da Natural Line, com cintilância. 4) Depois de esfumar bem, aplico o Primer Potion, da Urban Decay, na pálpebra móvel e espalho com o dedo.



5) Com um pincel de sombra língua de gato eu aplico uma sombra preta opaca em toda a pálpebra móvel, usei a sombra #4 da Make Up For Ever. 6) Em seguida, eu esfumo a linha que ficou entre a sombra preta e a vermelha com o pincel sujo de sombra para suavizar a transição entre as cores.


7) Com um pincel de precisão eu aplico e esfumo sombra vermelha na linha dos cílios inferiores. 8) Depois aplico, bem rente aos cílios, a sombra preta. Também esfumando.


9) Aplico o lápis preto Avon Mega Impact na linha d’água e na linha superior dos cílios, deixando o olhar bem marcado. 10) Aplico cílios postiços e finalizo com a máscara Colossal da Maybelline. Lembrem sempre de retocar a sobrancelha, pois ela é a moldura do rosto e vai valorizar o olhar!

Para finalizar a maquiagem do rosto usei iluminador cremoso da Yes Cosmetics, Fashion Show, blush bronze da Avon Colortrend e batom Nude Matte, da linha Avon Ultra Color.


Espero que gostem da sugestão, mas se tiverem alguma dúvida em maquiagem ou quiserem algum tutorial específico, deixem nos comentários! Um beijo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...