segunda-feira, 29 de abril de 2013

Pitada de Beleza: Glitter Dailus

Lembram que eu disse que sempre quando alguma amiga/colega não gostam de algum produto elas mandam ele direto para a minha maletinha? Pois sim, esse glitter foi fruto de uma doação vinda da minha chefe, Fabi. Ela trouxe e disse "fica para você"!

Eu não costumo usar glitter nas maquiagens, pois é bem difícil ter uma ocasião "apropriada", afinal não é todo dia que tem carnaval ou baladona, porém na maleta ele fica disponível para maquiagens artísticas e também para outras ocasiões.

Ele é mais fino do que um glitter normal, ponto positivo. E é bem chato, característica de produtos do gênero! Faz a maior bagunça e vaza bastante quando abro a tampinha. Tirando isso é um glitter bonito, é dourado dourado, sem ser amarelão, sabe?!



Gostei muito dele, porém confesso que ainda não sou expert em trabalhar com glitter e me sujo toda! Pelo menos já aprendi como retirar sem dificuldade!!

Vi na web que ele custa em torno de R$9 reais. Acho acessível! Vou atrás de mais cores :)

Look do dia: o básico para a sexta

É fato: sexta-feira estamos mortinhos de cansaço. Independente da alegria de ser final de semana, estaremos exaustos depois de tanto trabalho e correria por uma semana inteira. Nesses dias eu apenas visto o que me vem pela frente, sem muitas escolhas criteriosas. O importante é me arrastar para o último dia da semana, então o que visto é sempre assim: o básico. Em algumas sextas até acordo um pouco inspirada, mas saibam que não são todas!


Observem a marca do cansaço estampada em meu rosto e me digam: é ou não é uma semana puxada?! Bom, look mostrado! Aguardem, essa semana tem várias postagens e também aulinha de customização!!

Beijos

Jaqueta Camel R$20 | Regatão Pernambucanas R$29,90 | Calça Sawary R$69 | Tênis Riachuelo R$129,90

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Look do Dia: eu sou seu pai

Desde quando comprei essa blusa, fiquei doida para usá-la full time, porém não dá né! Ela ficou na casa do Thiago na última semana (depois que postei o look), então quando a vi novamente resolvi usar logo, pois ela é só amor!

A escala de cores desse look é só amor: preto, rosa e burgundy. Amei a combinação e acho que mesmo com a camisa xadrez larga ficou mais fofo do que "rocker".

A calça eu comprei semana passada na Renner e foi simplesmente amor à segunda visita. Acontece que passo na Renner dia sim dia não, por conta da praça de alimentação (juro que eu tento evitar), e vi umas calças liiindas e coloridinhas. Claro que quando vi a cor de vinho/bordô/burgundy eu chorei lágrimas de SANGRE, porém não estava com dinheiro nem cartão de crédito (ao contrário do que algumas amigas possam imaginar, ele quem é meu melhor amigo hahahahaha).

Mas eu não podia deixar a oportunidade passar, pois eu queria MUITO uma calça no mesmo corte, só que da Zara. Quer dizer, não precisava ser da Zara, mas tinha visto umas nas mesmas cores mais ou menos e queria, porém lá custava R$139 cada e eu queria/precisava de pelo menos duas. Quando vi que na Renner tinha A MESMA calça, por R$80 resolvi que levaria e levaria duas, pois trabalho e preciso de roupa né.




Comprei uma burgundy e uma preta, pois a minha já está velha e calça preta nunca é demais (ainda mais uma tão linda). Vou tentar fotografar os detalhes da calça e subir um post sobre a modelagem dela, pois está de parabéns. Uma das poucas calças que achei que valeu o custo/benefício.

O investimento foi ótimo, pois eu prefiro muuuito mais calças de brim/algodão, do que calças jeans. Elas são mais fáceis de compor. Jeans para mim é muito "mercado de domingo" e confesso que me arrependi um pouco de comprar os 4 jeans da última vez, pois mesmo sendo baratinhos, mal tenho usado.

Camisa BMG R$45 | Camiseta Riachuelo R$39 | Calça Lojas Renner R$80 | Coturno Moleca R$115

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Pitada de Beleza: Demaquilante Kollos Oil Free

Quando comecei a fazer minhas pesquisas para comprar os materiais para o curso, fiquei com muita vontade de testar a linha completa de limpeza facial da Koloss, porém não foi uma tarefa muito fácil encontrar os produtos. Ou porque nas lojas online tinha um produto disponível e o restante faltando ou porque os pontos de venda que tinham os produtos disponíveis ficavam longe de mim.

Poderia ter comprado, mas como fui na Audrei, lá na Liberdade, acabei comprando de outras marcas e acabei esquecendo um pouco dos produtos da linha e a vida seguiu. Comprando umas coisinhas num site dia desses vi esse e resolvi comprar, estava baratinho.


 Esse é para todos os tipos de pele e é Oil Free, indicado para usar no rosto todo (alguns são específicos para olhos e boca) e ele não é oleoso. O perfume dele é característico ao cheiro de demaquilante, porém não chega a me irritar.







Eu sempre mudo de demaquilante quando um acaba e pelo menos dessa vez foi uma escolha acertada. Ele não é específico para maquiagens à prova d'água, mas achei que limpou bem pela quantidade de produto e de tempo para limpar. Não precisei esfregar, porém a máscara para cílios demorou para dissolver e não saiu por completo, mas acrescento que meu foco não foram os olhos na hora de demaquilar.

O produto removeu: sombra com primer, dois tipos de corretivo, iluminador, lápis para sobrancelha e um pouco da máscara.

Eu gostei! E ele é baratinho, por volta de R$16 em sites e pontos de venda. Vale o investimento!

terça-feira, 23 de abril de 2013

Look do dia: At The End Of The Day

Chega ao final do dia e eu só consigo pensar em correr para casa e cair no sofá como se não houvesse o amanhã.  Na verdade eu só penso como poderia morar próximo ao trabalho, porém não é uma realidade, muito menos algo que esteja próximo de acontecer, então me contento em ir para a minha casinha, lá longe.

Chega ao final do dia e eu mal consigo formar palavras na cabeça para descrever o look, que é da semana passada, e mesmo faltando a criatividade para o texto, insisto. Afinal, como já fui intimada, há pessoas que acessam o blog todos os dias. E é por essas pessoas (Beijos Diva), e pelas outras que às vezes não se identificam, que eu insisto e apareço.

Não para reclamar da rotina, ou muito menos para dizer o quão cansada estou. Isso faz parte, mas o foco mesmo é mostrar algo, compartilhar mais um pedacinho da vida. E dessa vez não foi diferente. Usei esse look na semana passada, especificamente na quinta-feira, e usei pela primeira vez essa bata/vestido/blusa com estampa de animal print.



 Como a maioria das minhas roupas têm uma história, vou contar a dessa peça. Ela foi comprada na Eskala da Lapa, no fim do dia, numa passadinha “à toa” na loja, acontece que às vezes eu ando na Lapa para passar o tempo, afinal vou correr para chegar em casa para assistir Salve Jorge? Não, obrigada. Então passo em algumas lojas (tem outra que vende utilidades para a casa que eu AMO) e fico fuçando para ver se encontro algo baratex ou alguma boa oportunidade.



Comecei a fuçar atrás de uma blusinha dourada para fazer um post especial para o carnaval (que comprei por R$10 reais) e encontrei o vestido banquinha de peças à R$7 reais, claro que levei. Como eu sou um pouco recatada, resolvi não usar como vestido, mas ficou bom também para usar com meia calça ou legging.

Ela estava paradinha no meu guarda-roupas desde o carnaval, então resolvi dar uma chance. Misturei com o coletinho de couro fake, meias, bermudinha jeans (que não está aparecendo) e a botinha da Moleca, que também estava encostada. E deu nisso. Mas posso falar? Fiquei sentindo que era outra pessoa, estranho né?

Colete Vermelho R$20 | Blusa animal print Eskala R$7 | Bota Moleca R$80 | Bermuda Renner R$30

Pitada de Beleza: Iluminador Fashion Show Yes Cosmetics

Morria de curiosidade de usar os produtos da Yes Cosmetics e nunca tinha comprado nada. Esses dias, fechando uma compra num site, vi um produto e resolvi comprar para testar, afinal não tinha nenhum parecido na maleta e também porque eu estou ficando apaixonada por iluminadores ultimamente.



Eu havia pedido na cor com fundo dourado, quer dizer, pensei que pedi, pois veio a Fashion Show, que é mais rosada, mas não tem problema, achei o brilho lindo e gostei do mesmo jeito.

A embalagem parece muito com uma embalagem de esmalte e o aplicador é igual, de pincel fino. Vem bastante produto e acho fácil para aplicar. O brilho desse iluminador tem um fundo prateado muito bonito, mas que não fica chamativo na pele, pelo contrário, fica discreto e bonito. Vejam abaixo:


Ele bem concentrado e depois esfumado. Claro que tinha muito produto e na hora de espalhar achei que ainda sim ficou bem concentrado, mas na maquiagem faz toda a diferença, vejam:



Tem iluminador aplicado abaixo das sobrancelhas, no alto das maçãs e um pouco no nariz. Fica bem chamativo por conta do flash, porém ainda sim dá todo um poder para a maquiagem, não acham? Ele, por ser líquido, dura bastante na pele e tem um aroma suave (sempre cheiro)!

O valor: R$24,00. E deve durar HORRORES.
 Super indico :)

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Diário da Blogueira: roupa para trabalho.

Galera, quantas vezes a gente (que trabalha fora) não ficou desolado com as roupas que foi trabalhar, por não se sentir arrumado para mais um dia de labuta? Quantas vezes nós não soltamos um "não tenho roupa para trabalhar"? Muitas né?


E vou dizer: isso é comum. Mas tem jeito. Isso acontece principalmente quando precisamos nos arrumar mais para trabalhar, pois em alguns dias estamos meio "zumbis" e só queremos nos arrastar da cama para a empresa. Acordamos de fato depois de uma três horas.

No look que postei falando sobre o almoço com um produtor de moda e um cliente, fiquei pensando e resolvi escrever sobre isso. Sobre duas coisas em específico: 1) como algumas pessoas ainda não entendem essa nova maneira de se vestir para o trabalho e 2) como algumas pessoas não têm essa opção.

Sobre a primeira coisa, explico. Vou tomar como exemplo a minha mãe e a minha sogra. As duas têm em média 46/47 anos e são normais, nem retrógradas nem tão pra frentex assim. Porém toda vez que eu faço uma tatuagem nova, corto e descoloro o cabelo, compro uma blusa de banda para ir trabalhar ou passo batom vermelho, eles olham com ar de desaprovação  e dizem "você vai trabalhar ASSIM?!". Sei que não desaprovariam meu look se fosse sábado à noite, porém durante a semana o papo é outro.

Entendo que a cabeça delas como profissionais é diferente da minha. Elas ainda não entendem algumas coisinhas como, por exemplo, algumas empresas (muitas até) aceitam muito bem seus funcionários tatuados e dão oportunidades do mesmo jeito.  Outra coisa: que eu trabalho numa agência de comunicação e especificamente com clientes de beleza e moda (na verdade, no meio tem tecnologia, bebida, tudo, porém meu maior tempo é destinado aos clientes de beleza).

Dito isso vamos à reflexão. Além de todos esses fatos, o encontro era com um produtor de moda de uma grande revista e ele também é todo montado na peruice, então estava tudo certo.

Agora a segunda parte. Sei que muitas meninas até são bem estilosas e criativas, mas em seus empregos precisam usar roupas mais sérias e sociais. Tenho uma amiga mesmo, que saiu da nossa agência e foi para outra e ela precisa usar roupas sociais (se fosse eu, estava ferrada, tenho UMA camisa social, e umas duas blusinhas mais ajeitadinhas). E sei que ela sempre encontra medidas de inserir o estilo dela mesmo nos looks mais sociais.

Seja uma blusinha romântica com transparência, um blazer preto com spikes, ela dá um jeito. Acho legal isso, a menos que você trabalhe num banco ou cargo de alto escalão e tenha que ser traje social completo. Mas ainda sim dá para revelar muito do seu estilo quando vestido de social.

Vamos sair um pouco dessa cabeça da calça preta corte reto e da camisa branca, tanto para trabalhar ou fazer entrevista. Que tal exercitarmos a criatividade com um "Com que roupa eu vou?".

Acho que também falta um pouco de criatividade por nossa parte na hora de criar um look antes de ir trabalhar. Eu, pelo menos, não planejo o que vestir na noite anterior, nem perco muitas horas trocando as peças até encontrar uma combinação que fica realmente legal. Infelizmente, para vir trabalhar, às vezes é preciso um pouco mais do que o básico.

Por um mundo de liberdade para looks de trabalho.

Pitada de Beleza: Batom Maybelline Efeito Matte

Que eu adoro batom vermelho não é novidade, e que eu vivo procurando opções variadas também não é novidade. Já concluí que não existe batom vermelho que me agrade tanto quanto o Ruby Woo em questão de acabamento e textura. Isso por que acho que os outros batons são muito cremosos e mancham um pouco. Encontrei esse batom na Lojas Americanas e resolvi trazer no acabamento matte para resenhar.

O batom da Maybelline vem com esta tampa transparente para vermos a cor dele dentro da embalagem, mas vem com a tampa vermelha para trocar. Achei a cor bem viva e bonita e estava curiosa para saber como era a textura do batom.





Ele parece ser cremoso na bala e durante a aplicação e confesso que achei a cobertura  mais cremosa que matte (bem mais). Estou acostumada com batons matte que, quando aplicados, ficam bem sequinhos e quando uso um que fica com o acabamento mais cremoso eu estranho. Acho que não são matte coisíssima nenhuma. Porém ele vai "secando" na boca, como muitos batons de cobertura normal, e a cor fica por mais tempo do que o normal.

Vacilei e esqueci de publicar a foto que tirei da numeração da cor e estou na agência, então não tenho como conferir, porém eu atualizo depois, ok?


O que mais gostei foi esse tom aberto e vivo dele. Estou certa de que se parece muito com o Vermelhete da quem disse, berenice?, mas não fiz comparação (vou fazer depois!). Agora quero comprar um tom de nude da mesma linha desse Baybelline para testar, pois a cobertura e qualidade estão aprovadíssimos.

Mais aprovado ainda foi o preço: R$14,99. Acho justo. Aliás, registro aqui, que os preços da Maybelline, da quem disse, berenice?, Yes Cosmetics, Koloss, entre algumas outras marcas que não consigo lembrar agora, são muito justos e a qualidade das marcas é incrível, então para quem quiser montar uma coleção ou uma maleta, não se joguem na MAC antes de dar uma conferida.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Look do dia: saia azul

Trabalhar pode ser apenas uma ocupação ou pode ser uma ponte para uma vida melhor. No meu caso sempre foi a segunda opção. Sempre em busca de melhorias, eu comecei a trabalhar com 16 anos e desde então sempre que entrei em algum lugar para trabalhar, vesti a camisa do time sempre para vencer e na agência não foi diferente.

Porém quando mudei de trabalho não imaginei que seria uma mudança tão brusca. Na verdade, de início foi o "normal" e depois de um tempo isso tomou proporções absurdas. Amo trabalhar na agência e passo por grandes experiências lá (sem contar a abertura que me dão), mas em alguns dias mal consigo dar conta de tudo que tem para fazer lá. Quem dirá mais postar blog, conversar, manter vida social...

Por conta disso, às vezes eu fico assim, encontrando "brechas" para manter as coisas que eu adoro fazer, mas que eu não tenho tanto tempo.



Usei esse look na terça feira e eu amei ele. Fiquei matutando um pouquinho o que vestir, afinal eu queria criar algo novo e até que consegui! Misturei a camiseta regata dos cachorrinhos com a saia azul mais amor no universo e baratex e ai o restante foi simples de escolher: moleton de onomatopéias e tênis!

A saia eu comprei numa dessas baciadas, para variar, foi super baratinha e ela é toda de preguinhas, achei que combinada com o moleton ficou muito bonita e estilosa e, apesar das cores do moleton, não ficou "restart", sabe? Colorido na medida.


Tirei a blusa para fotografar o look com a camiseta, mas ai fiquei descabeladinha, rsrsrs

Moleton Topshop R$149,00 | camiseta HBF R$19,90 | Saia Eskala R$14 | Tênis Riachuelo R$129,90

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Dicas: The Office Americano

Não sei se vocês gostam tanto quanto eu, mas confesso ser apaixonada por seriados. Gosto muito do formato e das histórias, por serem muito bem amarrados e legais. Alguns seriados me conquistam tanto (e ao Th também) que acabamos comprando os boxes (?) mesmo quando temos todos os capítulos baixados no notebook.

Hoje vou falar de um seriado em específico que me arranca muitas risadas e que já está para acabar :( é o The Office Americano (tem o britânico)!

O seriado conta a história de um escritório mediano de Scranton, Dunder Miflin. Lá eles vendem papel e são gerenciados por Michael Scott (Steve Carrel). O Th usa uma frase que é muito verdadeira: "Assistindo The Office, o sentimento o tempo inteiro é de vergonha alheia". Por conta das situações, comentários e piadas que ele faz.

Mas não é só de coisa bizarra que o seriado é feito, ele retrata bem a realidade: pessoas normais trabalhando juntas a muito tempo. Mas engana-se quem pensar que é um seriado monótono! É toda uma trama de personalidades desviadas, brilhantes e um pouquinho de romance. Tudo que rola em escritórios medianos da vida.

Comecei a assistir tem um bom tempo (leiam alguns anos) e esses dias compramos um box com as 8 temporadas, porém ficamos sabendo que acaba agora na 9° temporada :/ e resolvemos assistir tudo de novo.

Olhem uma cena do seriado (Michael está dando uma palestra para a equipe do escritório):


[mike] (GRITANDO) a pior coisa na prisao são os dementadores
[mike] Eles ficam voando por toda a parte e são assustadores
[mike] E ai eles descem e sugam sua alma pra fora do seu corpo E ISSO DÓII!
[menina bonita] Dementadores como em Harry Potter?
[mike] Não! Harry Potter não!
[mike] Não há filmes na prisão!

Morro de rir, hahahahahahahahahahahahahahaha

As personagens são todas muito cômicas. Além do gerente doido (o Michael), tem o Dwight, um vendedor lunático que cai em todas as pegadinhas do Jim. Preciso confessar que mantenho um amor quase platônico pelo Jim, pois ele é engraçado e fofo hahaha. Mas certeza que todos nutrem, pois ele é o mais gente fina de todos.

Tem a Pam, a recepcionista. Ela é muito amiga do Jim e super divertida. Tem o Kevin, que também é ótimo, com seu estilo "bobão". São vários personagens divertidos com personalidades bizarras! Valem o tempo dedicado. E outra coisa: são capítulos curtinhos, então dá vontade de ficar assistindo sem parar.

Se o senso de humor de vocês é bom, assistam e depois me contem o que acharam!

Pitada de Beleza: Lápis para sobrancelhas quem disse, berenice?

Quando comecei a maquiar a última coisa em que eu pensava era corrigir as sobrancelhas, mas lembro claramente quando meu professor disse numa das primeiras aulas "Pessoal, lembrem-se: as sobrancelhas são a moldura do rosto, sempre corrijam e maquiem". Depois desse conselho, sempre que vou maquiar, me preocupo em ver se está tudo ok e sempre tenho um produto em mãos.

Tenho algumas opções, como usar sombra, corretivo em pasta (depois mostro) e a mais comum de todas é usar um lápis específico para a região, pois tem em todas as perfumarias e normalmente eles são universais.





O primeiro lápis que comprei foi o da Vult, porém não me dei muito bem com ele e dei para a minha mãe (que adorou) então por um tempo fiquei trabalhando com sombra em pó, mas sentia falta de um lápis. Até que resolvi comprar um da quem disse, berenice?. Já conhecia a qualidade dos lápis para os olhos e o preço deles é muito bom, então escolhi um para chamar de meu.

Gostei do fato dele ser de madeira, melhor para apontar. Ele não é muito grande só que rende bem, pois ainda nem apontei e já usei bastante até (claro, a minha sobrancelha não precisa de muitas correções). Ele tem disponível em duas cores, uma mais acinzentada e uma mais castanha, que foi a que escolhi: a Castanhel.





A quem disse, berenice? foi muito feliz na formulação dos produtos num geral, porém no caso dos lápis eles merecem um parabéns especial, pois são muuuuito bons e vamos concordar que tem muita opção no mercado e nem todas são boas.

A cor ficou muito boa pra mim e acho que essa é muito universal, sem contar a escovinha que vem na tampa, facilita muito na hora da maquiagem, caso você não esteja bem equipado.

O valor? R$15,90. Super amigo, não acham?

Look do dia: Star Wars do amor


Na segunda eu tinha um almoço com um produtor de moda e um cliente e na hora de escolher meu look pensei bem no que usaria, pois se tratava de um produtor de uma grande revista de moda (grande mesmo) e não dava para ir vestida de social para encontrá-lo.

Mas também não podia vestir qualquer coisa hahaha então optei pela linha mendigo/ciyndilauper que venho fazendo ultimamente e ousei usando transparência no trabalho. Eu já havia usado transparência no trabalho, mas com blusinha por baixo ou em dias bem frios, com blusas por cima.


Abafa o look do dia no meio da agência. ♥


Todo mundo gostou muito do look e eu fiquei feliz com o resultado, pois essa blusa do Darth Vader é amor garantido intergalático. Vi no blog da Carol Burgo que a Riachuelo tinha feito camisetas temáticas do Star Wars e fiquei em polvorosa.

Tem a do Stormtrooper, do C3PO e do grande vilão, e é claro que eu e a torcida do Flamengo queríamos a do DV. Fui correndo no shopping comprar um presente escondida (nossa amiga estava aniversariando e fizemos tudo antes e escondido!) e passei pela loja do Shopping Vila Olímpia para ver blusinhas, até que encontrei uma blusa do Stormtrooper perdida. Surtei. Segurei pra mim. Achei um cabideiro com um monte do C3PO (mais fácil de garantir uma), segui adiante na busca por uma do DV. Fucei numa arara aleatoriamente e lá estava ela: no tamanho GG. Pensei no estilo mendigo-lauper e resolvi garantir. E posso dizer? Só amor essa blusa. Amei mesmo.




E aí que eu juntei meia-calça, com a saia resinada, com o coturno, com a jaquetinha varsity e com a blusa do amor.

Deu gosto de me vestir assim. E ressalva: AMO comprar blusas em tamanhos maiores que o meu.


Jaqueta Varsity Lojas Renner R$89,90 | Camisa Riachuelo Darth Vader R$39,90 | Saia resinada C&A R$20,00 | Coturno Dakota R$199,90 | Bolsa Demanos R$20,00

terça-feira, 16 de abril de 2013

Pitada de Beleza: Batom Natura Faces Mate - Cereja

Errou quem pensou que hoje teria apenas um post. Mesmo cansada e prestes a dormir em qualquer canto, estou aqui para mostrar um novo batom: Natura Faces Mate, na cor Cereja. Temos uma colega na agência que vende natura e eu cheguei à conclusão de que nunca comprei nada da marca, então resolvi encomendar algumas coisas. Mesmo encomendando mais de um item, esse foi o único que veio (triste).



Já achava os batons da Natura virem com espelho um charme, agora que eu tenho um para chamar de meu, estou adorando, porém confesso que não é o espelho mais confortável. É uma embalagem fofa, com cor bonita. E falando em cor, chego à escolha da cor desse batom. Na hora de marcar na revista fiquei em dúvida, porém, de todas as cores, essa era a que parecia mais combinar com o meu tom de pele, pois as outras eram mais cítricas e claras.

Não ia combinar muito, mas tudo bem. Escolhi o cereja. Achei que ele seria mais vermelho do que rosa (vai entender essa cereja e de onde ela vem) e por ser efeito mate, seria uma ótima opção para sair do Ruby Woo da MAC,

Quem já usou o Ruby Woo deve saber: impossível encontrar outro batom para chamar de nosso, não é?
Claro, que já usou e amou. Ele é mais chatinho de aplicar? É. Ele é bem seco e se a boca não estiver hidratada ele marca as pelinhas? Sim. Mas ele é ótimo por conta disso. Ele me deixou desacostumada, pois quando eu aplico algum batom de efeito mate, logo penso que ele vai secar e grudar nos lábios.

Mas isso não acontece.

Esse da Natura tem uma cor linda (apesar de ter um cheiro forte) e ele dura bem nos lábios. Sem contar que não "escorrega" da boca, sabe? Tipo quando você aplica o batom e por ele ser cremoso fica todo borrado, como se tivesse beijado na boca rsrs Sei que quando aplicamos lápis labial isso não acontece, mas acho que devemos ser sinceros e práticos: nem todos têm tempo para aplicar lápis labial TODO santo dia.


Tirando esses detalhes de acabamento em geral, gostei muito da cor, mesmo sendo rosa e bem vivo, ficou discreto na minha pele, ótimo para morenas. E o precinho? R$8,90!! Super indicado.

Look do dia: Lançamento da Topshop Topman Iguatemi

Olás, como vão?

Bom, esse look não é de ontem, nem de hoje. É de quarta-feira passada, no dia do evento da Topshop, que eu contei aqui para vocês! Eu tinha bolado algo bem mais bacana na minha cabeça, porééém foi tudo muito rápido, então ficou assim mesmo: normalzinho.

Tá, eu concordo, não está TÃO normalzinho assim, mas não ficou ultrapower estiloso. Enfim, foi corrido e confirmei presença no meio da tarde do evento, pois não tinha companhia. Eu quis ir com uma peça da loja justamente para prestigiar, afinal AMO de paixão as roupas deles.  Escolhi usar o tênis porque  estou morrendo de amores por ele e a blusinha foi o que tinha lá na casa do Th. Como ficou meio nada a ver com a blusinha, joguei a jaqueta por cima e ficou um estilo meio misturado.



Adoro essa bolsa, ela foi super "baratinha" e cabe bastante coisa. Mesmo sabendo que a galere no evento estaria toda trabalhada nas bolsas de mão, eu fui com ela, pois sou trabalhadora e fodase os outros.



Achei legalzinho o look e, por incrível que pareça, um dos menos "comuns". Explico. Comuns para a ocasião. Não porque eu estava mais bonita ou arrumada que as outras pessoas presentes (nem de longe e me arrastando), mas percebi algo interessante num evento de MODA: as pessoas são TODAS IGUAIS. Salvo algumas exceções, estavam todos padronizadinhos. Ok, estavam usando o que está "na moda" para eles (afinal há todo um processo do que é moda e para quem é moda), mas eu acreditava que as pessoas eram mais criativas.

Percebi uma padronização à lá Thássia, Lalá's (as duas) e mesmo que estivesse todo mundo bem vestido, achei que estava todo mundo bem monótono. Bem repetido. Acho que falta um pouco de personalidade para essas pessoas que se dizem da moda, um pouco de criatividade. Justo na quinta, enquanto pensava sobre esses detalhes no início do dia, uma amiga chegou com uma situação para corroborar meu pensamento.

Ela chegou comentando que pegou o ônibus com uma francesa que mora aqui no Brasil e elas conversaram sobre como a mulher brasileira se preocupa em ESTAR na moda, e não FAZER a sua própria moda. Ela me explicou como a francesa criticou de forma saudável a brasileira que vê uma coisa na novela e no dia seguinte tem em todas as prateleiras do país, pois quer fazer parte do que está sendo usado, porém não se preocupa em imprimir/ identificar/ressaltar quem ela é através da sua própria imagem.

Ok, cada um usa o que quer, o dinheiro é deles e eles escolhem o que querem, mas acho que a tal francesa tem razão. Antes de bombar todo o nosso guarda-roupas com as últimas novidades, devemos fazer uma reflexão se aquilo ali realmente faz sentido para nós e para nosso estilo e mentalidade. Além de pensar se em poucos meses aquilo ali vai ser encostado e nunca mais usado. Estilo e moda têm que estar relacionados não ao último lançamento da última semana de moda de Paris, pelo contrário, eles precisam estar alinhados aos NOSSOS anseios, aos NOSSOS princípios e aos NOSSOS mundos. Não dá para sair trabalhada nas grifes só para mostrar que está trabalhada na grife. Por conta disso, me senti muito bem sendo uma das únicas moças a estar de tênis e bolsa grande. E para ilustrar mais ainda meu discurso, usarei uma imagem da Shame:


E vocês?

Blusinha Brás R$10 | Saia Topshop R$35,00 | Tênis Riachuelo R$129,90 | Jaqueta Varsity R$89,90 | Bolsa Marisa R$40,00

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Pitada de Hair: Experiência no Retrô Hair


Hey Sexy Ladies, como vão?

Venho hoje contar que fiquei quase loira, estava cansada da minha cara, do meu rosto e sentia que estava faltando um certo glamour! Enfim, resolvi mudar.

Aproveito o momento para contar um pouco da minha experiência no salão de beleza Retrô Hair, bem conceituado, que fica na Augusta e oferece cerveja de graça.

Fiz o meu cabelo com o Hairstylist bapho, chamado Slad, que foi corajoso o suficiente para embranquecer meus cabelos escuros em um tom platinado, loiro champangne, que eu estou In Love até agora.

O salão é mega estiloso, com pessoas talentosas, música boa e preço salgado, algo teria que acompanhar a cerveja, não é mesmo? Ainda para a minha surpresa, na hora de passar no caixa fui informada que, assim como em épocas antigas, o salão não aceita cartão, nem de crédito e nem de débito, o negócio com eles é Money e que é good nóis num have (HEAVY!). Enfim, lá eles aceitam dinheiro ou cheque e não parcelam em nem uma veizinha. Ou seja, certamente fui a falência.

Vale avisar também que lá você paga por cada procedimento, shampoo, babyliss, secagem, escova. Outra informação que eu considero importante é o valor do valet, para deixar o carro é  7 reais a cada duas horas.

Deixando as pitangas para chorar em outra oportunidade, o resultado ficou como eu esperava e compartilho aqui com vocês.



Serviço: Retrô Hair
Local: Baixo Augusta
Preço: R$375 (por volta)
Estacionamento no local:7R$ a cada duas horas

Pitada de Beleza: sombra Koloss Marrom

Conheci essa sombra quando estava no curso, quando não tinha uma sombra marrom no tom que eu queria e uma colega me emprestou. Ainda não manjava muuuito sobre cores e tons e usei sem dar muita atenção. Depois comprei uma da Vult e percebi a diferença, não de qualidade, mas de cor mesmo. Dai eu coloquei na listinha de compras, porém nunca fui atrás até esses dias.

Estava comprando num site (depois conto qual) e resolvi comprar, afinal era muito barata: R$8,99.

Uma sombra marrom é para a vida, a gente usa até acabar e SEMPRE vai usar (uso em TODAS as maquiagens, para fazer a base do olho) e no caso da sombra #208 da Koloss, já vi que vou usar até aparecer o fundinho.




É um marrom opaco, cor que nunca vai ficar parada na minha maleta, e fiquei impressionada com a pigmentação:

sem primer

com primer

Gente, é impressionante! Com primer achei que ela ficou mais escura, porém sem nada por baixo ela pigmentou super bem e a vantagem: mesmo sendo macia não foi esfarelenta! Comprei outra, uma preta, mas ainda vou testar, agora quero comprar as coloridas! Outra vantagem: sem perfume!

Certamente um ÓTIMO produto BBB! Gostam de ver a cor da sombra direto nos olhos?!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...