quarta-feira, 11 de julho de 2012

Blogueira Shame, YouPix e um pouquinho de informação!

Bom, como a semana, por enquanto, está escassa de looks e conteúdos mais “práticos”, resolvi fazer mais um post na linha do “Ser It Girl, ou não ser? Eis a questão”. Como sou formada em jornalismo, sempre fui muito cri cri e acho que a discussão dos mais variados temas é importante para o crescimento de todos nós, acho essencial expor minhas opiniões aqui e principalmente, aprender com as de vocês.

Como sabemos, eu sou VICIADA por informação. Informação em geral, mas principalmente em sites e blogs que tratem sobre moda/beleza. Acompanho muito do que rola entre os blogs e também o que rola sobre eles.

Não sei quantas pessoas que acompanham o Pitada que conhecem a Blogueira Shame e quantas pessoas souberam dos acontecimentos recentes relacionados à ela. Para quem não sabe eu contextualizo: a Shame nasceu há um bom tempo com o intuito de “gongar” algumas pérolas lançadas nos milhares de blogs de moda existentes e de um tempo para cá, focou principalmente mas não somente na nata da blogosfera.

Com comentários irônicos e prints de telas, a Shame apontou erros gramaticais e ortográficos, erros de digitação, poses, fotos, looks do dia, o uso exagerado ou não do photoshop...E conseguiu causar um verdadeiro furacão na web. Movendo leitores interessados e, principalmente, as talifãs (cliquem!!), leitoras das blogueiras que ela citou.

E há poucas semanas aconteceu um novo furacão na web, dessa vez a favor das diversas meninas que foram alvo da Shame: por um deslize um nome foi atrelado ao pseudônimo. Independente do motivo, o fato corria por toda a terra cibernética, fato esse que gerou uma comoção mais do que exagerada sobre a autora do blog. Ok.

Dito isso, chego ao ponto que queria comentar aqui. A minha primeira reação foi consumir toda informação que tivesse disponível. Sobre a Shame e suas postagens, sobre as blogueiras “mais” gongagas, sobre a Priscila Rezende, autora e criadora. Tudo. A minha segunda reação foi enxergar um objeto de estudo e pesquisa em todo esse circo que se formou.

Confesso que fiquei olhando o blog dela por horas para encontrar alguma coisa sobre o Pitada, pois ela gonga desde os maiores até os menores blogs. Só passei horas fazendo isso por saber que são os milhares de seguidores dela que encaminham grande parte do conteúdo publicado e que já tive comentários "hostis".

Recentemente (semana passada), houve um painel no YouPix para discutir o boom dos blogs de moda (daqui a pouco vamos ter que fazer um painel para discutir os painéis sobre o boom dos blogs de moda, pois todo evento relacionado à web tem um). A Julia Petit foi a mediadora e o blogueiro/repórter da GNT Caio Braz, participou ao lado da Blogueira Shame, que assumiu (por skype) de vez quem realmente é.

Achei interessante o tom que se deu ao debate, justamente por falar de maneira tão explícita sobre as tais “it girls” que falamos por aqui. Não concordo com muitos dos comentários e postagens da Shame, afinal também sou blogueira, mas muita coisa tem fundamento, por ela justamente seja de maneira agressiva ou não ter a intenção de alertar aos leitores sobre os bastidores desse mundo.

Como já disse aqui, não ganho dinheiro com blog e nem sei ao certo como isso funciona. Também disse que em nenhum momento meu objetivo era ganhar dinheiro com ele, se isso acontecer, ótimo, se não? Eu continuo postando e mantendo o Pitada, por ser um grande hobby. Só acho importante que a “audiência” não seja alienada e desencontrada. Que consuma quilos de informação diária sem filtrar. É justamente aquele lance de “adaptar” para si próprio aquilo que está lendo.

Afinal, não adianta nada tirar seu cérebro daí de dentro e colocar as ideias e anseios de outra pessoa no lugar. Para que cada um alimente seu senso crítico da maneira que bem entender, no vídeo abaixo, em mais de 1 hora de duração, se discute de maneira interessante a atuação da Shame na internet, a relação dos leitores com as blogueiras, os tão polêmicos jabás, entre outras coisas. Vale o clique para uma blogosfera mais consciente e realista.


Encontrei o vídeo no blog da Andrea visitem!

Acho muito importante trazer esse tipo de reflexão para o blog, pois mais do que dicas de roupas, quero dar dicas de conhecimento! Vocês gostam?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...