segunda-feira, 30 de abril de 2012

Prada lança gifs para divulgar campanha de acessórios 2012...

E eu morri de amor! Só não coloco todos para não pesar muito, mas vocês podem ver muitos outros aqui!

#Repaginando o guarda-roupa / Saldo do primeiro mês!

Um mês já se foi no meu "desafio". Passou rápido até! Mas só no desafio de repaginar o guarda-roupa em seis meses, porque no desafio de não comprar nenhum sapato nesse mesmo período, foi, no mínimo, sufrido. Não fazia ideia de que era tão apaixonada assim por sapatos. E o mais incrível é que justamente quando eu digo que não vou comprar, as coleções e modelos mais bonitos estão sendo lançados!

Bom, tirando todo esse sofrimento por alguns modelos, eu vim mesmo falar sobre o saldo de como foi o meu primeiro mês de desafio e tentar planejar o próximo. E eu explico. Não basta apenas sair comprando tudo que me vier pela frente. Eu preciso analisar o quanto aquela peça será boa para o meu guarda-roupa e se preciso dela realmente. Afinal não posso esquecer que esse aqui é um desafio consciente.

Depois de tanto papo é hora de rever o que eu já comprei. Eu primeiro tirei TUDO do meu armário e fiz uma listinha do que era realmente necessário, lembram? E aí o meu esquema funciona da seguinte maneira: vou riscando o que já foi comprado e acrescentando as peças que fui encontrando ao longo do mês, que valiam à pena ou que eu mesma customizasse ou costurasse.

Agora a lista está assim:
1 calça jeans azul - skinny (claro)

1 calça jeans resinada/skinny bordô porque agora eu to pirando na calça cor de vinho
2 1 vestidos
 esse é claro que vai ficar para a próxima primavera, ou dia que der uma esquentada #estaçõesnadavê

6 5 4
3 blusinhas mais produzidas



5 4 3 saias de cortes diferentes (não sei de onde eu tirei que eu já tinha três!)

Essa saia eu não usei ainda
3 2 1 bermudas de cortes diferentes
 Essa bermuda não usei ainda

1 jaqueta de couro/ ou casaco
1 cardigã neutro que virou de onça

Colete / aquisição extra
outra peça que tem cara de primavera!
Cardigã de corações vermelho queimado

Cardigã de corações e poá cinza

Pulôver de poá azul marinho
ainda não usei esse pulôver

Já gastei R$185. Em 8 peças. Lembrando que comecei o desafio alguns dias antes do início de abril e algumas peças foram parceladas e no cartão de crédito. A maioria eu já paguei e achei não pesou tanto. Quer dizer, pesou um pouco agora nessa próxima fatura, porque eu esqueci de umas coisas que eu tenho para pagar e isso me enrolou, mas tudo bem, força na peruca.

Tive sorte por encontrar coisas muito úteis no armário da minha mãe, como o vestido rosa e a blusinha com transparência, que eu usei e deu super certo! Outra sorte maior do mundo foram os presentes que o TH me deu, claro rs

E foi muito a calhar o presente dele, afinal justo nos dias seguintes à viagem, chegou um frio e uma chuva persistentes que me fizeram usar o vestido de tricô, e dois cardigãs já. O maior problema era não conseguir fotografar e também a falta de pique para qualquer coisa, por estar doentinha. Porque eu não sei vocês, mas eu não vivo quando fico doente, só vegeto para lá e para cá, rs

Vitórias do closet repaginado

Uma das grandes vitórias do meu guarda-roupa foi poder jogar uma calça fora. Calma! Ela não tinha serventia para mais ninguém. Quando emagreci MUITO e rápido, comecei a ficar sem calça alguma, daí o jeito foi usar meu pouco talento com costura e apertá-las, mas de tão velhas, essas calças já estão até estourando a costura, e essa que joguei fora era daquelas que o zíper fica abrindo, que é um coco de feia, sabe? Sim, eu tenho roupas pavorosas, triste, mas é a verdade.

Meu objetivo agora é dar uma nova vida para as minhas camisetas podrinhas. Vejo umas blogueiras pagando absurdamente caro em blusas que são “estragadas” durante a fabricação e na minha cabeça concordo com a Jô Moura, do Um Ano Sem Zara, que a camiseta tem que ser podrinha de verdade! Tenho umas que até são legais, mas já caíram na mesmice da calça jeans+t-shirt e quero MUDAR.

Maio, o mês da economia

Depois de todas essas aquisições e afins meio desorganizados de um primeiro mês (que ainda remanesce dívidas antigas) optei por ser mais Econômica em Maio. Motivos: financeiros, claro, mas também porque a brincadeira é para durar seis meses, não acabar em dois né. Hoje, dia 30/04 (aniver da Momi!) vou no shopping dar uma ajuda para um amigo, escolher umas roupas mais bacanudas ele também entrou nessa de repaginar o visual e o TH disse que se encontrarmos uma jaqueta de couro fake que esteja com preço bom aceitável nós compramos! E aí o que pretendo comprar em Maio é o meu corretivo de Mary Kay, que já até chegou, só preciso buscar, e as comprinhas básicas de avon de todo mês, rs

Até logo!

domingo, 29 de abril de 2012

The Simpsons Fanzine


Encontrei essa foto no pen drive do TH e achei engraçadinha essa edição de imagem, então tá aí, rs

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Look da viagem: Pin up do interioooor

Que feio! A viagem foi final de semana e só vou mostrar uma foto minha lá agora! Eu explico. Nem ia mostrar nenhuma, mas até que não está feio, então beleza, rs No domingo fez um pouquinho de sol e muito calor e eu queria por só os pézins na piscina, então fui assim ó


Chinela de poá, combinandinho com a sainha e lencinho para domar o cabelo, que está brigando comigo tem semanas! Por fim, sentamos para beber uma breja e acabamos indo almoçar e correr para SP, e nada de piscina para os pézins da Vivis :s

Um sinalzinho de vida vai bem, né?

Oi minha gente, como vocês estão?
Eu estava conseguindo manter uma bela rotina de posts, diariamente mais de um post e um pouco mais escassos durante os finais de semana, certo? Bom, eu dei essa sumidinha por um motivo chatinho...Eu fiquei meimal da garganta e o mau humor se apossou da minha vida, me fazendo não querer postar nada.
 
É que nessas situações nada fica bom: nem o cabelo, nem a make, nem o look. E para completar fiquei meio sem ânimo para escrever aqueles posts homéricos para vocês. Tá, também tem o agravante: trabalho minha gente, tem dia que dá para postar e tals, tem dia que não. Mas, como sabemos, esse aqui é meu cantinho e não vou abandoná-lo!

Prova disso é que no final de semana vai ter surpresa, então fiquem ligados, para poderem PARTICIPAR!

Sei que vocês não vão ficar bravos pela minha ausência de dois dias né? PLEASE.
Então vou compartilhar aqui e agora com vocês alguns anseios consumísticos. TOLOCA.

Como a maioria sabe e não é segredo, eu sou consumista, mas até bem consciente. E justamente por ser bem consciente, eu tenho passado por verdadeiros testes financeiros. Eu não ganho uma fortuna e pago todas as minhas contas, além disso, agora em maio, especificamente no dia 9/05, começo a juntar economias com o TH, para o nosso futuro juntinhos. Ou seja: mais economia ainda.

E onde eu quero chegar? Bom, eu fico lendo trocentos blogs de make/moda e, como toda mortal, fico derretida e apaixonada pelas novidades do mundo de beauty. Muitas dessas paixonites passam com o tempo, são substituídas com outras paixonites. Mas algumas são persistentes, e não querem ir embora em hipótese alguma.

Eu só faço o que é possível dentro do meu orçamento e que ainda me permita ficar com dindin depois de pagar todas as contas, logo, vou adiando alguns desejos para o próximo mês, que sempre vira o próximo mês e o próximo mês.

Desde Fevereiro estou pirando no kit de pinceis da Coastal Scentes, que vem com 22 tipos diferentes e super profissionais, custa $35 dólares, mas me parece valer cada centavo. Já é o TERCEIRO mês que adio essa vontade. Coisas mais importantes sempre surgem e seria um capricho, não a minha última necessidade.

Claro que eu leio MUITO sobre alguma coisa que me desperta o interesse, leio resenhas diversas, assisto vídeos, fuço a web de cabo a rabo para me certificar que aquela ali será uma boa compra, e aí não compro.

Depois de fazer as contas do mês de abril e ver que errei uns cálculos e não vai sobrar tudo que eu pensei que sobraria, fiquei meio desapontada e tal. Por isso quase cedi e enfiei o pé na jaca para chorar as mágoas financeiras, rs Só que aí o meu bom senso grita no meu ouvido, né?

Além dos pincéis, que são meu sonho de consumo a meses, também tenho alguns outros produtinhos que fariam toda a diferença na minha felicidade/autoestima. O corretivo yellow da Mary Kay é um que todo mês eu digo que vou comprar e não compro daí quando vejo já não dá mais...Na verdade eu cheguei a encomendar, mas a pessoa sumiu e não deu mais notícias, agora encontrei uma outra, vamos ver se vai dar certo...



Quero muito, muito mesmo, um corretivo da Kryolan. Para quem não conhece, saiba: é a vida. Nunca usei, mas é uma das marcas de make mais profissionais que existe e veja bem, é a prova d’água. As meninas do nado sincronizado usam (Y), só que é MUITO caro mesmo, se tornando um sonho BEEEM distante.



Outro desejo meu, que mal se tornou vontade e já foi lá para longe é o Stay Don’t Stray da Benefit, uma marca muito fofa com embalagens vintage e melhor: ótima qualidade. Esse é um primer de sombras e corretivos e é impossível ter olheiras como as minhas e não desejar com a vida produtos como esses últimos, que são comprovadamente INCRÍVEIS.



Bão, além desses pequenos detalhes que eu MORRO de vontade de comprar, tem sempre as makes variadas, mas que não me fazem falta, como esses produtos, sabe?

Eu também estou pirando por uma camisa com transparência, uma saia plissada de couro, um casaco Borgonha que vi ontem numa lojinha com um preço impressionante e a calça Borgonha, que eu não vou usar junto com o casaco, veja bem! rs

É muito difícil QUERER as coisas e não ser possível realizá-las, não é?

Quais são as vontades de vocês?

(impossível um post meu ficar curto, né? k)

segunda-feira, 23 de abril de 2012

#Inspiração: Camisa com Transparência

Uma peça que eu tenho gostado muito e se encontrar por ai vou dar uma boa analisada para comprar é uma camisa com transparência. A bendita foi muito usada no verão trazendo muita leveza aos looks e está aparecendo com muita força no inverno também.

Eu acho que além de ser uma roupa com muito estilo, por mais que carregue um ar sexy, é uma peça versátil e pode ser usada de diversas maneiras. Ressaltando que existem diversos modelos com diversos tecidos, uns mais finos, outros mais grossos.


O legal é que muitos modelos são fechados até a gola e mesmo cobrindo todo o busto de quem a usa, passa um ar de beleza sem ser vulgar, mas claro, tudo tem seu jeito de ser usado: tanto para o lindo, quanto para o feio.

O que pode surgir de questionamento é a pergunta padrão: com o que usar? Eu acho que vai com as mais variadas composições. Com peças de alfaiataria, como bermudinhas e calças, com saias, desde as bandage, às lápis e rendadas, calças cigarrete e skinny, peças de couro, para balancear o look com uma peça mega pesada e outra leve como uma pluma. Também combinam com blazers, jaquetas de couro, perfectos, entre outros. É sim uma peça muito versátil.



Se você for usar uma e se pegar pensando no que usar por baixo nada de pagar peitinho minha gente você pode ser ousada e apostar em sutiãs com cores fortes e alças trabalhadas, pode optar pelo básico sutiã preto/branco ou até mesmo em lingeries rendadas e trabalhadas. Se for discreta e/ou tímida pode usar uma regatinha justinha por baixo, com alças finas e também de material leve, para não tirar a leveza da camisa. Essa dica também é válida para quem quer usá-la no trabalho.



E se alguém me perguntar se gordinha pode também eu digo: deve. É só escolher uma boa regata para usar por baixo, que blusinhas de renda e com transparências vão ficar lindas. E se a gordinha for mais ousada ainda, com uma boa calça ou saia de cintura alta, justa, que esteja segurando as gordurinhas dá até para arriscar só o sutiã por baixo mesmo. Isso vai depender da escolha de cada uma, mas eu já vi e posso afirmar: não fica feio não!



Vocês gostam?

#Repaginando o guarda-roupa - sexta aquisição em Monte Sião/MG

Como o post sobre minhas aquisições em Serra Negra ficou mointo grande, resolvi dividir para ser menos chata com vocês, meus leitores tão lindos!

Além de irmos até Serra Negra no sábado, fomos também à Monte Sião/MG, na manhã de ontem. Sim minha gente, fui parar lá, rs E me apaixonei pela cidadezinha, toda fofa e cheia de lojinhas de malhas.

Não tinha a intenção de gastar nada lá, mas é impossível. E eu ainda estava em poder do cartão do boy magia, rs Meu parecer é que vale muito à pena ir lá também. Tinha uma lojinha só com cardigãs e pulôveres temáticos de rock, com coroas, caveirinhas, estrelas e lurex. Só não comprei, porque sei o limite do bom senso!



A minha única aquisição em si em toda a viagem foi esse vestido: R$24.90 Adorei ele e já tenho ideias de fazer mais uma maxi gola para usar com ele nos dias mais frios.



Tá, eu sei que eu já tinha um cardigã vermelho de corações, mas quando vesti esse foi amor à primeira vestida, rs e não pude resistir ao valor: R$22. Eu estava muito precisada de blusas MESMO, além de um bom casaco ou jaqueta, as minhas blusas para o dia a dia estão muito acabadinhas, são de usar em casa, estão boas, mas não para pegar ônibus, sair. Vocês entendem né? E também levei em consideração um fato primordial: Quando é que eu vou voltar aqui? Imaginando que não tão cedo, resolvi que era uma boa decisão.



E aí, voltando para o hotel, paramos na divisa de Monte Sião com SP, num pequeno "shopping" e em uma da lojinhas me apaixonei por esta saia. O modelo exposto era laranja com preto e quando a atendente me mostrou a opção de cor, morri. Experimentei e morri mais um pouco. E resolvi trazer. Sei que sou muito sortuda por ter o namorado mais lindo, fofo e compreensivo ele compreende o meu consumismo e nessa pequena viagem de final de semana, avancei mais um pouquinho na minha jornada.

Olha a listinha como está agora:
1 calça jeans azul - skinny (claro)
1 calça jeans resinada/skinny bordô porque agora eu to pirando na calça cor de vinho
2 1 vestidos
6
4 3 blusinhas mais produzidas
5 4 3 2saias de cortes diferentes
3 2 1 bermudas de cortes diferentes
1 jaqueta de couro/ ou casaco
1 cardigã neutro que virou de onça
Colete / aquisição extra
Cardigã de corações vermelho queimado
Cardigã de corações e poá cinza
Pulôver de poá azul marinho

E agora? Só mês que vem para comprar de novo! Ainda bem que ele está próximo, HAUAHAUAHAUHA

Beiiijos de inverno

#Inspiração: Sneakers - Tênis com salto

Não sei se o título “inspiração” está certo, pelo menos para mim, mas como é post sobre tendência então vai ficar assim mesmo. Explico. Eu ainda não me apaixonei pela história dos novos sneakers, mas tudo com seu tempo, vai que daqui duas semanas eu acordo e penso “nossa, preciso muito de um”.

Calma, o que é um sneaker, não é? Esse é o nome daqueles tênis que têm o cano longo, tipo os eternos all star um pouco acima do tornozelo, sabem?




De uns tempos para cá, principalmente depois que as calças skinny caíram no gosto dos aborrecentes coloridos e alguns moderninhos estilosos, o uso dos sneakers virou figurinha carimbada de algumas tribos e objeto de desejo de muitas pessoas, digo por experiência própria. Tanto que eu já tive all star e agora tenho a botinha da Ecko, que eu já usei em looks do dia aqui.

E aí, não satisfeita com o uso do modelo, a estilista Isabel Marant desenhou o modelo com um diferencial: salto interno. A ideia é acrescentar uns centímetros às moças que querem ficar altas mesmo quando usarem um estilo mais casual.

Os modelos já foram lançados por marcas como Esdra, Schultz e até alocka do Marc Jacobs já tem sua versão que, diga-se de passagem, foi a que mais me agradou até agora. Acho que o que não me agradou em si foi a maneira que as marcas fizeram o design do sapato.



Esses modelos acima são da Esdra, foram os que menos me agradaram

A ideia é legal, principalmente para mim, que gosto, acho lindo, mas não uso salto nem por decreto e a promessa da criação é unir conforto e estilo num sapato, afinal não é tênis né?

Eu usaria um ou outro, mas não curti muito as parafernalhas dos modelos da Esdra, acho que menos é mais, PRINCIPALMENTE em peças que são assim, pesadonas.

Isabel Marant

Nascida em 12 de abril de 1967, Marant é filha de um francês e uma alemã e começou a produzir suas primeiras roupas aos 15 anos. Ela estudou no Estúdio Bercot entre os anos de 1985 e 1987 e em seguida trabalhou com marcas como Yorke e Cole. A estilista já recebeu prêmios de designer do ano e vem conquistando fãs ao redor do mundo.
Quem usaria ai?

domingo, 22 de abril de 2012

#Repaginando o guarda-roupa em Serra Negra! quinta aquisição!


Ois, como vocês estão?

Bom, aqui em Águas de Lindóia está frio. Com tempo chuvoso. Mas tudo bem, o que importa é o descanso. E as compras, claro. Hehehe.

Viemos em família do Thiago para um hotel fazenda aqui no interioorrrr de São Paulo passar o final de semana e conhecer a cidade de Serra Negra. Eu né, porque eles todos já conhecem. Enfim, ai chegamos e estamos aqui no frio. E eu gosto de frio, então está uma delícia.

Parando o papo furado, não vim falar somente da viagem, quero mesmo é falar do delírio que é o centro comercial de Serra Negra, que aqui do lado, uns 15 minutinhos de estrada. A cidade é especialista em malhas e couro *-*, logo, as roupas têm um preço muito melhor do que em SP, pelo menos algumas.

Com o tempo melequefê do final de semana, logo que terminamos o café da manhã, decidimos as mulheres claro ir à cidade fazer comprinhas. TODAS AMA.

Meu parecer sobre Serra Negra é: MUITO AMOR. Não só pelos preços bons e peças de qualidade, mas pela cidade em si, agradável bonita, cara...Soube que é cidade de gente que tem grana, então tá, eu acredito, rsrs

A rua Cel. Pedro Penteado me lembrou muito a nossa José Paulino, do Bom Retiro, longa, estreita, com muitas pessoas e todas aquelas roupas. A diferença crucial é que a maioria das lojas são de malhas, pouquíssimas vendiam jeans e outras peças do vestuário.

Existem muitas peças que são usadas por senhorinhas, assumo, mas também tem MUITA coisa bacana e o melhor: o preço. Afinal, se não fosse isso vocês poderiam me questionar por que eu sai de SP para comprar blusa.

Bom, comprar eu não comprei, ganhei. Sim, meu namorado lindo, que sabe como eu fico quando vejo algo que quero muito e sabe como fico quando digo que não posso gastar, disse que não me deixaria ir até aquele antro do mal e não trazer nadinha para mim. Ainda bem que ele é sábio.

Chegamos e depois de algumas lojas já estava in Love com os cardigãs e pulôveres de poás e coraçõezinhos. Todos lindos e impressionantemente baratos. Na casa dos R$30 reais OS MAIS CAROS. Tudo bem que algumas lojas enfiavam mais as facas, mas se tem a opção do mais barato, e a qualidade é a mesma, nóis prefere o mais em conta.

Então foram duas blusas para inverno que eu creio que vai chegar. Um pulôver azul marinho de bolinhas brancas e um cardigã vermelho mais puxado para o vinho, pouca coisa com corações na cor bege. Sintam o amor:




Azul: R$26,50, vermelho: R$32 é de chorar não é?

E aí que eu queria dar um pulo nas lojas de jaquetas de couro e até vi uma saia que em SP não está por menos de R$100 e lá estava R$60, mas os percalços de se sair em grupo significa que você não vai a todos os lugares que quer ir. Só quando é com a Natália, ela é firmeza e vai comigo s2.

Mais uma volta aqui, outra loja ali, encontramos a tal loja de bolsas de couro que a Sogris tanto falou e fomos lá conferir os preços. Procura aqui, caça ali, encontrei bolsinhas a tiracolo, que estão tirando meu sono não é para tanto e fui fazer minha escolha.

Optei por bolsinhas menores e mais em conta não só pela economia tá, foi muito para não fazer um rombo na conta do TH, mas principalmente porque quero comprar uma bolsinha carteiro e já encontrei onde tem uma como eu quero, então preferi comprar as baratinhas para investir na bolsa carteiro, que está R$100. E que só vem para a minha vida daqui um tempo!

Peguei uma de R$12 e uma de R$25. Entrei de cabeça nessa febre do animal print, né? A de cobra as moças ainda ajustaram na hora, do jeitinho que eu quis, e tem dois jeitos de usar, de mão e tiracolo, valeu muito o investimento, não acham? A de oncinha roubou meu coração, mesmo sendo rosinha e acredito que por ser rosinha encheu meus olhos quando a vi. E aí perguntei o preço e me apaixonei de vez: R$25 por uma bolsinha de couro estilosinha mas ao mesmo tempo básica.





Eu até encontrei outras com preço bom, mais simples que essas, mas a moça não aceitava débito, só que no fundo foi bom, já que depois eu encontrei essas bem mais estilosas! Gente, não é só aproveitar o preço, é principalmente unir mais um membro para a família do seu guarda-roupa.

Até imagino minhas roupinhas conversando entre si, e os cintos fazendo fofoca sobre o meu mais novo amor, ou sobre o cinto que foi passear com a minha mãe. Tá, viajei, rsrsrs

Para mim foi só isso. Se eu tivesse analisado os preços das jaquetas, provavelmente compraria no crédito mesmo, mas a oportunidade me foi tirada, não é? Então me contentei com a pequena aquisição no inteiooorrr.

A sogra contou que vinha na cidade comprar malha para revender em SP e olha, vale MUITO à pena. O único porém é a estrada: cheia de curvas, estreita, e perigosa...

Já posso gastar todo salário que ainda nem recebi em todas as roupas lindas e baratas?!

OBSERVAÇÃO: Esse post foi escrito no sábado à noite, compreendam o tempo verbal! Também fiz comprinhas em Minas Gerais, Monte Sião! Mas essas vão ficar para amanhã, ok? Aguardem!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...